MÍDIA E DOAÇÃO DE ÓRGÃOS: A PRODUÇÃO DE SUJEITOS DOADORES

Lisiane Pruinelli, Maria Henriqueta Luce Kruse

Resumo


Este é um estudo de natureza qualitativa, com abordagem exploratória, situado no campo dos estudos culturais,
utilizando ferramentas propostas por Michel Foucault para a análise textual. Tem como objetivo analisar como os
discursos veiculados pela mídia atravessam os sujeitos e os instituem como sujeitos doadores de órgãos. O corpus de
análise foi composto por matérias do jornal Folha de São Paulo, considerado o mais influente do país. Tais reportagens
põem em funcionamento discursos que foram analisados e que representam o modo como instituem doadores de
órgãos. Os discursos do jornal são vistos como artefatos da cultura, que produzem verdades e governam sujeitos,
determinando ações possíveis de ser feitas, a fim de que ocorram mais transplantes.

Palavras-chave


Meios de comunicação; Transplantes de órgãos; Discurso;

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447