ESTADO COGNITIVO E CONDIÇÕES DE SAÚDE DE IDOSOS QUE PARTICIPAM DE GRUPOS DE CONVIVÊNCIA

Marinês Tambara Leite, Leila Mariza Hildebrandt, Rosane Maria Kirchner, Luiz Anildo Anacleto da Silva, Gianfábio Pimentel Franco

Resumo


Objetivou-se identificar o estado cognitivo e as condições de saúde de idosos participantes de grupos de
convivência de um município do norte do Rio Grande do Sul. Pesquisa transversal e descritiva, realizada com
85 idosos participantes de grupos de convivência. Foram utilizados dois instrumentos para a coleta dos dados.
Um contém dados sociodemográficos e o Miniexame do Estado Mental (MEEM). Para a análise dos dados, foi
utilizada a estatística descritiva. Os resultados indicaram predomínio de mulheres 79 (92,9%), na faixa etária
de 60-69 anos 52 (61,2%), viúvos 46 (54,1%), frequentaram de quatro a sete anos o ensino formal 45 (52,9%) e
residem acompanhados 53 (62,4%). Dentre as enfermidades mencionadas, destacaram-se hipertensão arterial e
varizes, além da ocorrência de quedas 34 (40%). O MEEM evidenciou que 20 (23,6%) dos idosos apresentam
declínio cognitivo. Os resultados apontaram necessidade de intervenções direcionadas à manutenção da capacidade
funcional e autonomia dos idosos.

 


Palavras-chave


Idoso; cognição; prática de grupo

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447