CONSULTA DE ENFERMAGEM NO AMBULATÓRIO DE HIV/AIDS: A PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS

Simara Moreira de Macêdo, Márcia Cristina dos Santos Sena, Karla Corrêa Lima Miranda

Resumo


O estudo busca analisar como a consulta de enfermagem é percebida pelos usuários de um ambulatório especializado em Vírus da Imunodeficiência Humana/Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (HIV/AIDS) no município de Fortaleza-CE. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada com quinze usuários da referida instituição e analisados com o suporte da análise de conteúdo. A consulta de enfermagem foi relatada pelos usuários como um momento de aprendizado, centrado no fornecimento de informações. A confiança e o apoio emocional estabelecido pelo profissional atuam como um suporte frente aos conflitos vivenciados pelo paciente, possibilitando a construção de um novo olhar frente à doença. Acreditamos que a realização da consulta de enfermagem em uma perspectiva dialogal poderá proporcionar aos sujeitos a ressignificação dos conflitos que permeiam o seu adoecimento.


Palavras-chave


Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Enfermagem; Assistência ao Paciente

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447