PRÁTICAS ALIMENTARES DE CRIANÇAS DESNUTRIDAS MENORES DE DOIS ANOS DE IDADE

Paula Chuproski, Priscila Antunes Tsupal, Maria Cândida de Carvalho Furtado, Débora Falleiros de Mello

Resumo


Analisar práticas alimentares de crianças desnutridas menores de dois anos. Estudo exploratório e descritivo, com
análise qualitativa dos dados, realizado a partir de observação participante e entrevistas. Participaram 42 sujeitos.
Os dados foram submetidos à análise temática. Ao explorar as práticas alimentares dessas crianças, os temas que
emergiram foram: quem prepara a alimentação e o que é preparado; como são preparados os alimentos; a rotina
alimentar das crianças; onde e como as crianças são servidas. A alimentação era pouco variada; láctea, no café da
manhã e lanches, e no almoço com alimentos como arroz, batata, feijão e, às vezes, carnes. Frutas e hortaliças eram
escassas, e alimentos industrializados estavam presentes em todos os domicílios. Foi possível apreender o cotidiano das
práticas alimentares, suas inadequações, insuficiência de alimentos, higiene precária dos alimentos complementares,
influência das avós, ambiente inadequado às refeições e situação de vida das famílias.

 


Palavras-chave


Práticas alimentares; crianças; desnutrição; mães

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447