ATIVIDADES EDUCATIVAS PARA PORTADORES DE DOENÇA CRÔNICA: SUBSÍDIOS PARA A ENFERMAGEM

Elis Martins Ulbrich, Mariluci Alves Maftum, Liliana Maria Labronici, Maria de Fátima Mantovani

Resumo


Trata-se de pesquisa de intervenção, realizada em uma Unidade Básica de Saúde do município de Colombo, Paraná, de março a novembro de 2009, com 35 portadores de doença crônica, com idades entre 18 e 60 anos, cadastrados no Programa de Hipertensão e Diabetes. Os objetivos foram: identificar o conhecimento sobre a hipertensão arterial e intervir mediante atividades educativas em grupo. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista semiestruturada e quatro encontros em grupos, e da sua análise emergiram as categorias: “Compreensão da doença” e “Maneiras de cuidar”. Constatou-se que os usuários conhecem a doença, os seus fatores de risco e as possíveis complicações, e que as atividades educativas favoreceram a troca de experiências, proporcionaram a reflexão e a possibilidade de gestão de seu tratamento, e é uma estratégia que deve ser utilizada e divulgada pelos enfermeiros.

 


Palavras-chave


Doença crônica; Educação em saúde; Enfermagem

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447