ABORTAMENTO NA ADOLESCÊNCIA: VIVÊNCIA E NECESSIDADES DE CUIDADO

Ester Correa Rodrigues de Faria, Selisvane Ribeiro da Fonseca Domingos, Miriam Aparecida Barbosa Merighi, Maria Cristina Pinto de Jesus, Leidiane Maria Gomes Ferreira

Resumo


Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com abordagem da fenomenologia social, realizada em 2010, com oito
adolescentes que passaram pela experiência do aborto e foram atendidas em uma instituição hospitalar filantrópica
de Minas Gerais. Objetivou-se, com ela, compreender a experiência e as necessidades de cuidado das adolescentes
em situação de abortamento. Os resultados mostram que o impacto da gravidez levou-as ao medo da não aceitação
da família e, ao mesmo tempo, à felicidade, pela possibilidade de ser mãe. A experiência do aborto foi marcada por
sofrimento, e o atendimento foi considerado satisfatório, mas foi realçada a necessidade do recebimento de mais atenção
e informação. As adolescentes planejam dar continuidade aos estudos e têm em vista a possibilidade de engravidar
novamente. Vislumbram-se o planejamento de ações preventivas destinadas a este público e o desenvolvimento de
novas investigações científicas que incluam a perspectiva de familiares e de profissionais de saúde.


Palavras-chave


Aborto; Adolescente; Pesquisa qualitativa

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447