A arteterapia e a promoção do desenvolvimento infantil no contexto da hospitalização

Ana Cláudia Afonso Valladares, Mariana Teixeira Silva

Resumo


O presente estudo teve como objetivos avaliar e comparar o desenvolvimento de crianças hospitalizadas, antes e após intervenções de Arteterapia. Esta pesquisa descritiva-exploratória realizou-se por meio de estudos de caso de fundo qualitativo, baseados na avaliação desenvolvimental de crianças. A pesquisa contou com cinco participantes na faixa etária entre sete e dez anos, no Hospital de Doenças Tropicais (HDT) de Goiânia, Goiás, em 2006. Seus resultados mostraram que as intervenções de Arteterapia foram eficazes na promoção do desenvolvimento infantil. Concluiu-se, então, que a Arteterapia constitui-se num meio para canalizar, de maneira positiva, as variáveis do desenvolvimento da criança hospitalizada e neutralizar os fatores de ordem afetiva que, naturalmente, surgem, além de expor os potenciais mais saudáveis da criança, por vezes pouco estimulados no contexto da hospitalização.


Palavras-chave


terapia pela arte, saúde mental, criança hospitalizada, enfermagem pediátrica

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447