AS REPRESENTAÇÕES DOS USUÁRIOS SOBRE A DOENÇA CRÔNICA E A PRÁTICA EDUCATIVA

Maria de Fátima Parreira Mantovani, Felismina Rosa Parreira Mendes, Elis Martins Ulbrich, Janaína Marielen Bandeira, Fernanda Marielen Fusuma, Daniela Maria Gaio

Resumo


Trata-se de pesquisa qualitativa realizada no período de outubro de 2008 a março de 2009 com 45 usuários maiores
de 60 anos de uma unidade de saúde, com o objetivo de identificar as representações dos usuários sobre a doença
crônica. A obtenção das representações da doença foi feita por meio de entrevistas e, após foram realizadas três
reuniões em grupo, com a média de oito usuários cada. Desta etapa participaram 24 usuários, e os temas oriundos
dos discursos foram os seguintes: “A chegada da doença: fatores explicativos”, “O mistério das transformações
corporais: obrigatoriedade de mudar” e “A importância de aprender e partilhar experiências”. Os participantes
reconhecem os fatores ligados ao aparecimento da doença e de suas incumbências, as transformações necessárias
para continuar vivendo e para postergar complicações valorizam a troca de experiências mediante o diálogo nas
atividades educativas.

Palavras-chave


Doença crônica; Educação em saúde; Promoção da saúde; Enfermagem

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447