Avaliação das características organizacionais e de desempenho de uma unidade de atenção básica à saúde

Maria José Bistafa Pereira, Patrícia Abrahão-Curvo, Cinira Magali Fortuna, Silvano da Silva Coutinho, Mariangela Carletti Queluz, Lucas Vinco de Oliveira Campos, Tauani Zampieri Fermino, Claudia Benedita dos Santos

Resumo


Este estudo objetiva avaliar as características organizacionais e de desempenho, a partir dos usuários, de uma Unidade Básica de Saúde tradicional, da rede de serviços de Atenção Básica à Saúde. Utilizando os mesmos critérios de uma metodologia de avaliação rápida já validada, e baseando-se no processo amostral de uma pesquisa de livre docência, foi estabelecida a amostra de 55 usuários. O material empírico foi coletado pelo instrumento que compõe o

Primary Care Assessment Tool  validado para o Brasil. Os resultados revelam o atributo acesso como um dos pontos de estrangulamento do sistema. A prática de atenção não enfoca a família e a comunidade em seu processo de trabalho. A unidade oferece uma diversidade de serviços estabelecendo-se como porta de entrada para o sistema, incorpora ações de coordenação, mas, nem sempre estabelece vínculo com os usuários. Conclui-se a necessidade de investimentos na rede municipal, visando fortalecer os atributos da Atenção Básica.

Palavras-chave


Atenção primaria à saúde; avaliação; sistemas de saúde

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447