Acidente com material perfurocortante entre profissionais de enfermagem de um hospital universitário

Talita Rodrigues da Silva, Suelen Alves Rocha, Jairo Aparecido Ayres, Carmen Maria Casquel Monti Juliani

Resumo


Os riscos ocupacionais a que os profissionais da equipe de enfermagem estão sujeitos no desempenho de suas
funções são consideráveis. Assim estabeleceu-se como objetivo deste estudo analisar os acidentes perfurocortantes
no período de 2002 a 2006, envolvendo a equipe de enfermagem de um hospital universitário, para compreender o
contexto em que ocorrem. A utilização destas informações pode ser ferramenta de prevenção. Estudo descritivo,
retrospectivo quantitativo e qualitativo. Na análise quantitativa foi utilizada estatística descritiva e na qualitativa
o discurso do sujeito coletivo. Por meio das fichas de notificação do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do
Hospital, foi possível identificar acidentes do gênero no período pesquisado. Entrevistas foram direcionadas às
vítimas de acidentes que tiveram como paciente-fonte portador de Síndrome da Imunodeficiência Adquirida/
Vírus da Imunodeficiência Humana, hepatite B e C. Os achados demonstraram que ainda persiste um grau significativo
do desconhecimento ou banalização dos acidentes entre profissionais da saúde.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447