PESQUISA-AÇÃO: contribuição para prática investigativa do enfermeiro

Claudete Ferreira de Sousa Monteiro, Maria Rosilene Cândido Moreira, Edina Araújo Rodrigues Oliveira, Maria Edileuza Soares Moura, Jonhatan Veloso Costa

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão teórica sobre a metodologia da pesquisa-ação enquanto estratégia alternativa ao modelo convencional de investigação científica. Contextualiza a metodologia a partir de dois estudiosos da temática, que propõem modelos estruturais distintos: o ciclo de investigação-ação e o modelo de fases flexíveis. Aponta exemplos de utilização da pesquisa-ação a partir de estudos realizados por enfermeiros. Considera-se modalidade que vem sendo cada vez mais adotada nos espaços do cuidado, bem como no processo educativo, apontando para a necessidade de maior aprofundamento teórico, a fim de que a estratégia possa ser ferramenta útil na prática investigativa do enfermeiro.


Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447