Aconselhamento telefônico para jovens usuários de crack

Nadia Krubskaya Bisch, Mariana Canellas Benchaya, Luciana Signor, Hilda Maria Rodrigues Moleda, Maristela Ferigolo, Tânia Moraes Ramos Andrade, Helena Maria Tannhauser Barros

Resumo


Este estudo buscou avaliar a utilização da Intervenção Breve Motivacional (IBM) em um serviço de aconselhamento telefônico, oferecida aos jovens no processo de cessação do consumo de crack. Foi realizado um estudo descritivo, a partir do levantamento dos registros de ligações de usuários no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2007. Foram incluídos 40 registros de chamadas de jovens com idades entre 16 e 24 anos que consumiam crack, associado ou não com outras substâncias. Ao final do acompanhamento no sexto mês, 65% dos jovens haviam parado o consumo de crack. Do total, 57,5% estavam no estágio de preparação e ação na primeira ligação. As chances para recaída do uso de crack foram maiores nos seguimentos até 30 dias. A partir dos resultados obtidos pode-se sugerir que, a IBM associada ao aconselhamento telefônico representa uma alternativa de tratamento importante na cessação do uso de crack.


Palavras-chave


Adolescente; Cocaína crack; Motivação; Telefone; Aconselhamento

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447