Utilização da taxonomia II da nanda para avaliação da ansiedade puerperal na comunidade.

Flaviana Vieira, Amanda Santos Fernandes Coelho, Ana Claudia Andrade Cordeiro, Maria Márcia Bachion, Ana Karina Marques Salge

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a ocorrência do diagnóstico de enfermagem ansiedade, em puérperas no período imediato e tardio, no contexto da comunidade. Trata-se de um estudo descritivo transversal, de abordagem quantitativa. A amostra, não probabilística, foi constituída por 40 puérperas. Na coleta de dados foramutilizados procedimentos de entrevista, exame físico e observação no domicílio da puérpera. A ansiedade esteve presente em 80% das puérperas. Os fatores relacionados à ansiedade predominantes nas puérperas desta pesquisa foram o estresse (62,5%) e a crise maturacional (34,4%); evidenciados, principalmente, pela característica definidora comportamental: preocupações expressas em razão de mudanças em eventos da vida (46,9%) e insônia (43,8%). Além de preocupações com o bem estar da criança e maior exigência com o aumento da carga de atividades. A aplicação dos diagnósticos de enfermagem favorece a identificação de prioridades de atendimento da assistência, e, permite que medidas de intervenção precoce sejam adequadamente planejadas.


Palavras-chave


Período pós-parto. Ansiedade. Diagnóstico de Enfermagem. Comunidade.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447