Exercício físico em portadores de hipertensão arterial: uma análise conceitual

Nirla Gomes Guedes, Marcos Venícios de Oliveira Lopes

Resumo


No tratamento da hipertensão arterial, o exercício físico tem sido apontado como uma das principais medidas não farmacológicas. O objetivo do estudo foi analisar o conceito de exercício físico em portadores de hipertensão arterial, identificando os possíveis atributos críticos e os fatores antecedentes e consequentes. O estudo seguiu a metodologia da análise conceitual e da revisão integrativa de artigos científicos pertinentes à temática do estudo. Como atributos críticos foram identificados aspectos relacionados ao tipo, frequência, duração e intensidade do exercício físico. Os antecedentes encontrados foram: aconselhamento/educação, motivação, desenvolvimento de metas a partir do Modelo Transteórico, auto-eficácia e grupos de apoio. Quanto aos consequentes foram evidenciados benefícios gerais para a saúde e benefícios fisiológicos, psicossocias, cognitivos e comportamentais. A análise conceitual subsidia uma assistência de qualidade e centrada no portador de hipertensão arterial com vista ao controle da doença e prevenção de complicações.


Palavras-chave


Enfermagem; Hipertensão; Atividade Motora; Exercício; Formação de conceito

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447