A vulnerabilidade da mulher idosa em relação à AIDS.

Carla Marins Silva, Fernanda Maria do Vale Martins Lopes, Octavio Muniz da Costa Vargens

Resumo


Trata-se de revisão sistemática da literatura que abrange o período de 1994 a 2009, cujo objetivo foi discutir a vulnerabilidade da mulher idosa em relação às Doenças Sexualmente Transmissíveis e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids). Foi realizada a busca nas bases: Biblioteca Virtual em Saúde, Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), usando-se como descritores vulnerabilidade, mulher e Aids. Foram analisados 18 textos incluindo artigos em periódicos, teses e dissertações. Concluiu-se que mulheres idosas e vulnerabilidade à Aids estão diretamente relacionadas, através de características de gênero que perpassam pela submissão, construídas histórica e socialmente. É fundamental o desenvolvimento de estudos que gerem publicações acessíveis às mulheres, de modo a possibilitar que estas possam ver a si mesmas como sujeitos em risco de contrair Aids pelo simples fato de serem mulheres.


Palavras-chave


Vulnerabilidade; saúde da mulher; Aids; gênero

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447