Acidentes de trânsito na infância: prevenção na perspectiva do enfermeiro

Franciele Foschiera Camboin, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso, Sebastião Caldeira, Marta Angélica Iossi Silva

Resumo


Objetivo: analisar a percepção dos enfermeiros da atenção primária a saúde sobre a prevenção dos acidentes de trânsito com crianças como componente do cuidado.  Método: estudo de abordagem qualitativa, com dez enfermeiros de um município do Paraná. Os dados foram coletados em 2017, por meio de entrevistas semiestruturadas, analisados segundo a modalidade da temática indutiva.  Resultados: identificou-se dois temas: “ações de prevenção são secundárias às de cura”; “indicando o caminho para a prevenção dos acidentes de trânsito: o cuidado de enfermagem”. Os relatos explicitaram que o cuidado costuma acontecer somente após a ocorrência do acidente, evidenciando que intervenções preventivas ainda são insuficientes. As ações intersetoriais foram apontadas como caminho para o cuidado, sendo a escola especialmente recomendada.  Conclusão: identificou-se que o cuidado na prevenção dos acidentes é realizado pelo enfermeiro ampliando a possibilidade de interação e comunicação com o indivíduo buscando a integralidade e a equidade da atenção em saúde.  Palavras-chave: Cuidados de enfermagem. Criança. Prevenção de acidentes.

Palavras-chave


Cuidados de enfermagem. Criança. Prevenção de acidentes.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447