Reações e sentimentos dos profissionais de saúde no cuidado de pacientes hospitalizados com suspeita covid-19

Ana Claudia Ramos De Paula, Aline Graziela Deneka Carletto, Daniele Lopes, Joabe Candido Ferreira, Nelsi Salete Tonini, Sara Priscila Carvalho Trecossi

Resumo


Objetivo: Compreender reações e sentimentos de profissionais da linha de frente, no atendimento a pacientes internados com suspeita de COVID-19.  Método: Estudo de abordagem qualitativa realizado em hospital do interior do estado do Paraná, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre março e abril de 2020, por meio de entrevistas com 19 profissionais da equipe de saúde. Para análise dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo. Resultados: Da totalidade dos profissionais, 89,5% eram do sexo feminino e 57,8% com idade entre 20 e 30 anos. Da análise qualitativa, destacaram-se as emoções e sentimentos: motivado pela experiência; medo e ansiedade; obrigação; preocupação com a morte, tristeza; discriminação; isolamento; preconceito; incerteza e dúvidas em relação ao futuro. Conclusão: A pesquisa evidenciou reações/sentimentos dos trabalhadores revelando ambivalência tanto como impulso motivador e cuidados de si, como de reclusão/temor no enfrentamento do COVID-19. Palavras-chave: Emoções. Infecções por coronavírus. Equipe de assistência ao paciente. Pessoal de saúde.

Palavras-chave


Emoções. Infecções por coronavírus. Equipe de assistência ao paciente. Pessoal de saúde.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447