Enfermagem e saúde mental: uma reflexão em meio à pandemia de coronavírus

Maria de Lourdes Custódio Duarte, Daniela Giotti da Silva, Mariana Mattia Correa Bagatini

Resumo


RESUMO
Objetivo: Refletir sobre a saúde mental dos profissionais de enfermagem no contexto na pandemia de coronavírus.
Método: Estudo teórico-reflexivo baseado na formulação discursiva acerca da temática, sustentado pela literatura científica nacional e internacional e análise crítica dos autores.
Resultados: Os estudos analisados, somados à prática assistencial, têm evidenciado que os profissionais de enfermagem são suscetíveis à exacerbação de sintomas como depressão, ansiedade, insônia, angústia, estresse, em meio à pandemia de coronavírus, tendo em vista os turnos exaustivos de trabalho, a morte de pacientes, risco de autocontaminação e de seus familiares e isolamento social.
Considerações finais: A saúde mental dos profissionais de enfermagem necessita ser elencada como uma das prioridades para os gestores de saúde, garantindo estratégias e políticas públicas que assegurem a sanidade para estes que estão na linha de enfrentamento da pandemia.
Palavras-chave: Enfermagem. Saúde mental. Infecções por coronavírus. Pandemias. Adaptação psicológica.


Palavras-chave


Enfermagem. Saúde mental. Infecções por coronavírus. Pandemias. Adaptação psicológica.

Texto completo:

PORTUGUÊS ENGLISH


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447