Relacionamentos e interações no adolescer saudável

Adelita Campos Araújo, Valeria Lerch Lunardi, Rosemary Silva da Silveira, Maira Buss Thofehrn, Adrize Rutz Porto

Resumo


Este estudo teve como objetivo conhecer a percepção de adolescentes acerca dos relacionamentos e interações no processo de adolescer saudável. Tratou-se de uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória, realizada com dez adolescentes em um colégio estadual de uma cidade no sul do Rio Grande do Sul, durante os meses de agosto a outubro de 2007. Para a coleta dos dados, foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas. Posteriormente, optou-se pela análise temática, na qual emergiram dois temas: o processo de construção dos relacionamentos e interações no adolescer e riscos presentes no convívio social. Frente a isso, percebeu-se a importância das relações interpessoais formadas na adolescência merecendo atenção do enfermeiro, que pode colaborar na orientação dessa população seja, nas Unidades Básicas de Saúde, hospitais ou no ambiente escolar, a adolescerem de maneira saudável. Assim, os adolescentes poderão aproveitar os vínculos construídos para crescerem e firmarem-se na fase adulta.


Palavras-chave


Enfermagem. Saúde do Adolescente. Comportamento do Adolescente. Adolescente.

Texto completo:

PDF PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447