Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo-peso

Priscila Nicoletti Neves, Ana Paula Xavier Ravelli, Juliana Regina Dias Lemos

Resumo


A amamentação é uma das principais práticas que promovem a saúde, estando associada à diminuição de doenças e mortalidade na infância. A partir do trabalho conclusivo de curso, estruturou o presente artigo, que objetivou conhecer as percepções de puérperas frente à utilização do método mãe canguru. De abordagem qualitativa, descritiva e de campo, realizado em Instituição Filantrópica na cidade de Ponta Grossa, Paraná, nos meses de agosto a outubro de 2006, participando seis puérperas inseridas no método mãe canguru durante a internação do bebê. Para a coleta aconteceram entrevistas semi-estruturadas e os dados foram analisados pela análise de conteúdo. Este artigo analisou duas categorias, Vivências Maternas com o Método Mãe Canguru, com as subcategorias: método mãe canguru e o aleitamento materno e vivências na prática canguru; e Conhecendo o Método Canguru. Concluiu-se que a enfermagem exerce um papel imprescindível na inserção da família ao método, a partir dos cuidados prestados.


Palavras-chave


Educação em Saúde; Humanização da Assistência; Prematuro; Enfermagem Neonatal.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO: AS SUBMISSÕES PARA A RGE DEVEM SER REALIZADAS NO SEGUINTE ENDEREÇO:

https://mc04.manuscriptcentral.com/rgenf-scielo

 
              

 SCImago Journal & Country Rank

 

ISSN 0102-6933 E-ISSN 1983-1447