RESILIÊNCIA EM IDOSOS: CONSIDERAÇÕES SOBRE A PRODUÇÃO CIENTÍFICA NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO

Camomila Lira Ferreira, Eudes Araújo Rocha, Eulália Maria Chaves Maia

Resumo


Diante do envelhecimento populacional, percebe-se a necessidade de desenvolver de estratégias protetoras de possam oferecer um suporte à população idosa crescente. Neste sentido, passou a se discutir o conceito de “resiliência psicológica” como a capacidade que o indivíduo ou a família apresenta para enfrentar as adversidades, ser transformado por elas e conseguir superá-las. Diante disso, objetiva-se elucidar as questões voltadas à produção científica sobre a resiliência em idosos por meio de uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados online Medline e ISI Web of Knowledge entre os anos de 2004 e 2008. Foram encontradas 17 publicações que possuíam relação direta com o tema pesquisado. Percebe-se uma dificuldade em se identificar a que área, especificamente, o termo “resiliência” pertence, e uma concentração de publicações oriundas de países tipicamente desenvolvidos, com eficazes políticas sociais. Quanto aos núcleos temáticos que classificaram as publicações, identifica-se uma ênfase em Resiliência e Envelhecimento e Relatividade dos Fatores de Proteção, os quais versam, respectivamente, sobre a capacidade de ultrapassar adversidades que surgem no decorrer da vida, e sobre as características que garantem um funcionamento resiliente do indivíduo. Tais estudos estão focalizados na resiliência enquanto um fenômeno do presente e na perspectiva de possibilitar e desenvolver o indivíduo para viver mais e melhor.

Palavras-chave


Resiliência; Idosos; Produção Científica.

Texto completo:

PDF


Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2