LAZER SOBRE RODAS NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA POR LESÃO MEDULAR

Valdilene Wagner, Leonardo Pestillo de Oliveira, Anderson da Silva Honorato

Resumo


O envelhecimento é um fenômeno frequentemente estudado na
modernidade e vem atingindo as pessoas com lesão medular graças
ao prolongamento da vida dessa população. Esse estudo objetivou
dialogar com a literatura para verificar as correlações entre as práticas
de atividade física e percepção de saúde com os hábitos de lazer,
identificando como essas vivências podem favorecer a saúde de
pessoas com lesão medular no processo de envelhecimento. Trata-se de um estudo descritivo, correlacional de abordagem quantitativa. Os resultados demonstraram que indivíduos envolvidos em atividades de lazer, práticas de exercícios, e com condições favoráveis de saúde, têm mais chances de amenizar as perdas e as modificações nos corpos humanos causadas no processo de envelhecimento, bem como condições de enfrentamento da depressão e do isolamento social pela melhoria na qualidade de vida. Novas pesquisas são necessárias para compreender de maneira ainda mais abrangente essas áreas do conhecimento.


Palavras-chave


Lazer; Pessoa com deficiência; Envelhecimento

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2316-2171.95836

Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2019, A3