ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE NA TERCEIRA IDADE: PERCEPÇÕES DO IDOSO

Marcelo Carvalho Filgueiras, José Nilson Rodrigues Menezes, Maria Dorilane Ferreira Apolônio, Rafaele Teixeira Borges

Resumo


Resumo: A saúde é um fator essencial para o desenvolvimento humano e um dos campos de ação propostos no contexto da promoção da saúde é a criação de ambientes favoráveis. A Organização Mundial de Saúde (OMS), desde o ano de 2002, desenvolve uma política de saúde que preconiza o chamado envelhecimento ativo. A Fisioterapia , cujo objetivo de estudo é principalmente o movimento humano, colabora lançando mão de seus conhecimentos e recursos fisioterapêuticos com intuito de facilitar a compreensão dos fatores que possam acarretar em diminuição de qualidade de vida e bem estar nos idosos. A pesquisa teve como objetivo geral descrever a percepção dos idosos sobre a atuação da fisioterapia em um programa de promoção da saúde. A metodologia utilizada foi descritiva qualitativa na qual foram entrevistados 16 idosos que participam de um Programa de Assistência Fisioterapêutica dedicada à Terceira Idade no NAMI. Foram incluídos na pesquisa idosos que participavam regularmente do programa e excluídos idosos que obtiveram no total de 03 faltas consecutivas. O período de coleta foi de Maio a Julho de 2008, no qual foi realizada uma entrevista semi-estruturada . Os resultados indicaram que a fisioterapia contribuiu, através do grupo, na vida dos idosos, motivando-os buscar um programa de assistência. A solidão é um dos grandes problemas na velhice. Assim era o dia a dia desses idosos antes de participar do programa de assistência, porém houve uma mudança de vida após o mesmo. Logo, pelo grupo investigado, observou-se que a fisioterapia contribui pra a promoção da saúde de idosos, através de grupos promotores de saúde que apresentam benefícios para o idoso e sua rede, estendendose ao seu processo de envelhecimento.  Palavras-chave: Fisioterapia; Gerontologia, Promoção de Saúde. Abstract: Health is an essential factor for human development and one of the fields of action proposed in the context of the health promotion is the creation of favorable environments. The World Health Organization (WHO) develops a health policy that advocates the so-called active aging since the year 2002. The Physiotherapy, which the objective of study is especially the human movement, collaborates through its knowledge and physiotherapeutic resources aiming to facili tate the understanding of the factors that may cause a decrease in the elderly well-being and quality of life. The research had as general objective to describe the elderly perception about the physiotherapy performance in a health promotion program. It was used a qualitative and descriptive methodology in which 16 elderly people who participate in a Program of Physiotherapeutic Assistance dedicated to the third age at NAMI were interviewed. It was included in the research the elderly people who had a regular participation in the program and excluded the ones who got a total of 03 consecutive absences. The period of collected data was from May to July 2008 when it was conducted a semi-structured interview. The results indicate that the Physiotherapy contributed through the group in the elderly lives, motivating them to look for an assistance program. The loneliness is one of the major problems in old age. The daily life of these elderly was like that before joining in the assistance program, but there was a change of life after the program. Therefore, it was observed in the investigated group that the Physiotherapy contributes to the elderly health promotion through promoters groups of health that present benefits to the elderly and his network, extending to the ageing process. Key words: Aged; Health Promotion; Physiotherapy.

 




Palavras-chave


Idoso; Promoção da Saúde; Fisioterapia

Texto completo:

PDF


Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2