PROPOSTA DE AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE NO RECONHECIMENTO DE FALA

Maristela Julio Costa, Alexandre Hundertmarck Lessa, Leonardo Pilau Arzeno

Resumo


Objetivo: propor uma versão do Teste Listas de Sentenças em Português com menor velocidade da fala; verificar a naturalidade, clareza e aplicabilidade do material; investigar a ocorrência ou não de mudança no desempenho de reconhecimento de sentenças em adultos e idosos normo-ouvintes considerando a variação da velocidade da fala. Métodos: foi realizada elongação de 25% em comparação com a velocidade da fala do Teste Listas de Sentenças em Português original. Após, 12 adultos e 12 idosos normo-ouvintes fizeram uma análise perceptivo-auditiva do material produzido e, por fim, foram obtidos seus Limiares de Reconhecimento de Sentenças Lentificadas no Silêncio, Índices Percentuais de Reconhecimento de Sentenças Lentificadas no Silêncio e Índices Percentuais de Reconhecimento de Sentenças no Silêncio. Os dados obtidos foram submetidos à análise estatística. Resultados: o novo material produzido foi gravado em Compact Disc e após sua apresentação a indivíduos adultos e idosos, este foi considerado claro e natural. Com base nos resultados da avaliação dos mesmos indivíduos com o novo teste, foi verificada melhora de desempenho com a apresentação dos estímulos em velocidade diminuída, em relação à apresentação em velocidade típica, para ambos os grupos, sem significância estatística para o grupo de adultos e com diferença estatisticamente significante para o de idosos. Conclusões: o novo material elaborado, nomeado Listas de Sentenças Lentificadas em Português, mostrou-se aplicável e sensível para investigar a influência de aspectos temporais no reconhecimento da fala em idosos. Foi verificado que este grupo apresentou melhor desempenho para compreender a mensagem falada, quando esta foi apresentada com velocidade diminuída.


Palavras-chave


Audição; Idoso; Percepção Auditiva; Percepção da Fala; Testes de Discriminação da Fala

Texto completo:

PDF

Referências


ALBANO, Eleonora Cavalcante et al. Balanceamento fonético de textos e listas de frases ou palavras: procedimentos, limitações, perspectivas. In: Congresso Brasileiro de Neuropsicologia, n. 2, 1995, Campinas. Proceedings... Campinas. SBNp, 1995. s.p.

BOOTHROYD, Arthur. Speech perception, sensorioneural hearing loss and hearing aids. In: STUDEBAKER, Gerald A.; HOCHBERG, Irving. Acoustical factors affecting hearing aid performance. 2 ed. Boston: Allyn & Bacon, 1993.

CORSO, John F. Auditory perception and communication. In: BIRREN, James.; SCHAIE, Klaus. Handbook of the psychology of aging. New York: Van Nostrand Reinholdt, 1977.

COSTA, Maristela Júlio. Listas de sentenças em português: apresentação e estratégias de aplicação na audiologia. Santa Maria: Pallotti, 1998.

COSTA, Maristela Júlio; IÓRIO, Maria Cecília; MANGABEIRA-ALBERNAZ, Pedro Luiz. Reconhecimento de fala: desenvolvimento de uma lista de sentenças em português. Acta Awho, São Paulo, v. 16, n. 4, p. 164-173, out./dez. 1997.

________. Desenvolvimento de um teste para avaliar a habilidade de reconhecer a fala no silêncio e no ruído. Pró-Fono Revista de Atualização Científica, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 8-16, set. 2000.

COSTA, Maristela Júlio; IÓRIO, Maria Cecília; MANGABEIRA-ALBERNAZ, Pedro Luiz; CABRAL JÚNIOR, Euvaldo F.; MAGNI, André Bordin. Desenvolvimento de um ruído com espectro de fala. Acta Awho,São Paulo, v. 17, n. 2, p. 84-89, abr./jun. 1998.

COSTA, Maristela Júlio et al. Índice percentual de reconhecimento de sentenças calculado por palavras. In: Jornada Acadêmica do Curso de Fonoaudiologia da Ulbra, 9., 2011, Canoas. Proceedings... Canoas: Ulbra, 2011. s.p.

FITZGIBBONS, Peter J.; GORDON-SALANT, Sandra. Aging and temporal discrimination in auditory sequences. The Journal of the Acoustical Society of America, New York, v. 109, n. 6, p. 2955-2963, June 2001.

FREITAS, Carine Dias; LOPES, Luís Felipe Dias; COSTA, Maristela Júlio. Confiabilidade dos limiares de reconhecimento de sentenças no silêncio e no ruído. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 71, n. 5, p. 624-630, set./out. 2005.

GORDON-SALANT, Sandra; FITZGIBBONS, Peter J. Effects of stimulus and noise rate variability on speech perception by younger and older adults. The Journal of the Acoustical Society of America, New York, v. 115, n. 4, p. 1808-1817, Apr. 2004.

GORDON-SALANT, Sandra; FITZGIBBONS, Peter J; YENI-KOMSHIAN, Grace H. Auditory temporal processing and aging: implications for speech understanding of older people. Audiology Research, Pavia, v. 1, n. 4, p. 9-15, 2011.

KEITH, Robert W. Random gap detection test. Missouri: Auditec of Saint Louis, 2000.

LEVITT, Harry; RABINER, Lawrence R. Use of a sequential strategy in intelligibility testing. The Journal of the Acoustical Society of America, New York, v. 42, n. 1, p. 609-612, Sep. 1967.

LIPORACI, Flávia Duarte; FROTA, Silvana Maria Monte Coelho. Resolução temporal auditiva em idosos. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, São Paulo, v. 15, n. 4, p. 533-539, dez. 2010.

LLOYD, Lyle L.; KAPLAN, Harriet. Audiometric interpretation: a manual of basic audiometry. Baltimore: University Park Press, 1978.

MUSIEK, Frank E. Frequency (pitch) and duration pattern tests. Journal of American Academy of Audiology, Reston, v. 5, n. 4, p. 265-268, July 1994.

MUSIEK, Frank E. Frequency (pitch) and duration pattern tests. Journal of American Academy of Audiology, Reston, v. 5, n. 4, p. 265-268, July 1994.

MUSIEK, Frank; SHINN, Jennifer B.; JIRSA, Robert; BAMIOU, Doris-Eva; BARAN, Jane A.; ZAIDA, Elena. GIN (Gaps-In-Noise) test performance in subjects with confirmed central auditory nervous system involvement. Ear and Hearing, Philadelphia, v. 26, n.

, p. 608-618, Dec. 2005.

NEVES, Vera Torres; FEITOSA, Maria Angela Guimarães. Controvérsias ou complexidade na relação entre processamento temporal auditivo e envelhecimento. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 69, n. 2, p. 242-249, mar./abr. 2003.

PARRA, Viviane; IÓRIO, Maria Cecília; MIZAHI, Mary; BARALDI, Giovana. Testes de padrão de frequência e de duração em idosos com sensibilidade auditiva normal. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 70, n. 4, p. 517-523, jul./ago. 2004.

PINHEIRO, Maria Madalena Canina; PEREIRA, Liliane Desgualdo. Processamento auditivo em idosos: processamento da interação por meio de testes com estímulos verbais e não-verbais. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 70, n. 2, p. 209-214, [mar./abr. 2004.

QUEIROZ, Daniela Soares; BRANCO-BARREIRO, Fátima Cristina Alves; MOMENSOHN-SANTOS, Teresa Maria. Desempenho no Teste de Detecção de Intervalo Aleatório – Random Gap Detection Test (RGDT): estudo comparativo entre mulheres jovens e idosas. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, São Paulo, v 14, n. 3, p.

-507, 2009.

SANCHEZ, Maura Ligia; NUNES, Flavio Barbosa; BARROS, Flavia; GANANÇA, Maurício Malavasi; CAOVILLA, Heloisa. Avaliação do processamento auditivo em idosos que relatam ouvir bem. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 74, n. 6, p.

-902, nov./dez. 2008.

SANTOS, Sinéia Neujahr; PETRY, Tiago; COSTA, Maristela Júlio. Efeito da aclimatização no reconhecimento de fala: avaliação sem as próteses auditivas. Pró-Fono Revista de Atualização Científica, Barueri, v. 22, n. 4, p. 543-548, out./dez. 2010.

SHINN, Jennifer Brooke. Temporal processing: the basics. Hearing Journal, New York, v. 56, n. 7, p. 52, July 2003.

SNELL, Karen B.; FRISINA, Robert D. Relationships among age-related differences in gap detection and word recognition. The Journal of the Acoustical Society of America, New York, v. 107, n. 3, p. 1615-1626, Mar. 2000.

SONCINI, Fabiana; COSTA, Maristela Júlio; OLIVEIRA, Tânia Tochetto. Influência do processo de envelhecimento no reconhecimento da fala em indivíduos normo-ouvintes. Pró-Fono Revista de Atualização Científica, Barueri, v. 15, n. 3, p. 287-296, set./dez. 2003.

THEUNISSEN, Marianne; SWANEPOEL, De Wet; HANEKOM, Johan. Sentence recognition in noise: Variables in compilation and interpretation of tests. International Journal of Audiology, London, v. 48, n. 1, p. 743–757, Nov. 2009.

VIEIRA, Andressa Consentino; BEHLAU, Mara. Análise de voz e comunicação oral de professores de curso pré-vestibular. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, São Paulo, v. 14, n. 3, p. 346-51, 2009.




Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2