A instituição asilar e seus fazeres cotidianos: um estudo de caso

Maria Amélia Ximenes, Beltrina Côrte

Resumo


Resumo: Este artigo fala sobre instituição, seu cotidiano e a “ociosidade” de seus velhos. Foi elaborado a partir do estudo dessas compreensões, partindo da realidade da vida cotidiana asilar, ao verificar de que maneira esta pode interferir no fazer dos residentes. As respostas identificaram os empecilhos que entravam o trabalho com atividades nessas instituições, empurrando os residentes ao não fazer, a uma “ociosidade” aparente. Um (re)pensar sobre o idoso asilado e o seu fazer.

Palavras-chave: Instituição asilar. Fazer. Cotidiano.


Abstract: This article talks about residential home for elderly, its daily living and “idleness” among residents. It was produced from the study of these concepts, having the reality of the daily living in institutional context as a starting point to fi nd the ways it can interfere on the activity of the residents. The answers identifi ed the obstacles which hinder the work with activities in these contexts, leading the residents to not doing anything, to an apparent “idleness”. It is a rethinking about the elderly residential home resident and their activity level.

Keywords: Elderly home. Activity. Daily living.

Palavras-chave


Instituição asilar. Fazer. Cotidiano. Elderly home. Activity. Daily living.

Texto completo:

PDF


Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2