IMPLICAÇÕES DO EXERCÍCIO REGULAR SOBRE O CONTROLE POSTURAL EM IDOSOS

Fernando G Ceccon, Felipe P Carpes

Resumo


Objetivo: identificar as implicações do exercício regular sobre o controle postural em idosos. Método: revisão integrativa da literatura desenvolvida nas bases de dados SCOPUS e SciELO, utilizando os descritores “postural balance” or “postural control” or “balance” and “aged”, nos últimos cinco anos e nos idiomas português ou inglês. Resultados: dos 23 estudos selecionados, identificou-se uma prevalência de estudos no ano de 2012 e nos periódicos Brazilian Journal of Physical Therapy e Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Os estudos foram agrupados em duas categorias: 1) Implicações da prática de atividade física sobre o controle postural; e 2) Exercícios físicos capazes de atuar sobre o controle postural. Conclusões: o exercício implica de maneira positiva sobre o controle postural, atuando em múltiplos aspectos motores e cognitivos, desde que seja realizado de maneira regular e com intensidade adequada para que a fadiga muscular não acarrete aumento no risco de quedas.


Palavras-chave


equilíbrio postural; idoso; exercício; atividade motora

Texto completo:

PDF

Referências


AIKAWA, Adriana Correia; BRACCIALLI, Ligia Maria Presumido; PADULA, Rosimeire Simprini. Efeitos das alterações posturais e de equilíbrio estático nas quedas de idosos institucionalizados. Revista de Ciências Médicas, v. 15, n. 3, p. 189-196, 2006.

ARAÚJO, Thais B.; et al. Effect of equine-assisted therapy on the postural balance of the elderly. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 15, n. 5, p. 414-419, 2011.

AVELAR, Núbia C. P.; et al. Effectiveness of aquatic and non-aquatic lower limb muscle endurance training in the static and dynamic balance of elderly people. Revista Brasileira de Fisioterapia, v.14, n. 3, p. 229-236, 2010.

BARDIN, Marcela G.; DOURADO, Victor Z. Associação entre a ocorrência de quedas e o desempenho no Incremental Shuttle Walk Test em mulheres idosas. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 16, n. 4, p. 275-280, 2012.

BEINOTTI, Fernanda; et al. Use of hippotherapy in gait training for hemiparetic post-stroke. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, v. 68, n. 6, p. 908-913, 2010.

BENTO, Paulo Cesar B.; et al. Exercícios físicos e redução de quedas em idosos: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, v. 12, n. 6, p. 471-479, 2010.

BRASIL. Lei nº 8.842, de 4 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a Política Nacional do Idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências [acesso em 2012 set 13]. Disponível em URL: http://www81.dataprev.gov.br/sislex/paginas/42/1994/8842.htm

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

BUKSMAN, S.; et al. Quedas em idosos: prevenção. Projeto Diretrizes. Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina; 2008.

CAMARGO, Marcela Regina; FREGONESI, Cristina Elena Prado Teles. A importância das informações aferentes podais para o controle postural. Revista Neurociências, v. 19, n. 1, p. 165-170, 2011.

CAMERON, Ian D., et al. Interventions for preventing falls in older people in nursing care facilities and hospitals. Cocharane Database Systematic Reviews, v. 20, n. 1, p. 1-118, 2010.

FASANO, Alonso; PLOTNIK, Meir. Neurologic aspects and falls. Clinical Cases in Mineral and Bone Metabolism, v. 9, n. 1, p. 17-20, 2012.

FIGLIOLINO, Juliana Assis Magalhães; et al. Análise da influência do exercício físico em idosos com relação a equilíbrio, marcha e atividade de vida diária. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 12, n. 2, p. 227-238, 2009.

GRIBBLE, Phillip A.; HERTEL, Jay. Effect of hip and muscle fatigue on unipedal postural control. Journal of Electromyography and Kinesiology, v. 14, n. 6, p.641-646, 2004.

HÄKKINEN, Keijo; et al. Changes in electromyographic activity, muscle fibre and force production characteristics during heavy resistance/power strength training in middle-aged and older men and women. Acta Physiologica Scandinavica, v. 171, n. 1, p. 51-62, 2001.

HERNANDES, Nidia A.; et al. Physical activity in daily life in physically independent elderly participating in community-based exercise program. Revista Brasileira de Fisioterapia, v.17, n.1, p. 57-63, 2013.

HERNANDEZ, Selma S.S.; et al. Effects of physical activity on cognitive functions, balance and risk of falls in elderly patients with Alzheimer's dementia. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 14, n. 1, p. 68-74, 2010.

HOLTZER, Roee; et al. The relationship between specific cognitive functions and falls in aging. Neuropsychology, v. 21, n. 5, p. 540-548, 2007.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Síntese de Indicadores Sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. IBGE: Brasil; 2010.

JORGENSEN, M. G.; et al. Time-of-day influences postural balance in older adults. Gait & Posture, v. 35, n. 4, p. 653-657, 2012.

KLASS, Malgorzata; BAUDRY, Stéphane; DUCHATEAU, Jacques. Age-related decline in rate of torque development is accompanied by lower maximal motor unit discharge frequency during fast contractions. Jornal of Applied Physiology, v.104, n. 3, p. 739-746, 2008.

LIMA, Giovanna A; et al. Balance and aerobic capacity of independent elderly: a longitudinal cohort study. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 15, n. 4, p 272-277, 2011.

LUSTOSA, Lygia Paccini; et al. Efeito de um programa de treinamento funcional no equilíbrio postural de idosas da comunidade. Fisioterapia e Pesquisa, v. 17, n. 2, p. 153-156, 2010.

MACHADO, M. C. I.; GUIMARÃES, L. A.; CARVALHO, A. K. Quedas em idosos: estudo bibliográfico dos fatores determinantes. Nunciopolítica, n.1, v. 1 p.1-17, 2012.

MANN, Luana; et al. Investigação do equilíbrio corporal em idosos. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v.11, n. 2, p. 155-165, 2008.

MEEREIS, Estele Caroline Welter; et al. Influência da hidrocinesioterapia no equilíbrio postural de idosas institucionalizadas. Motriz: Revista de Educação Física, v.19, n. 2, p. 269-277, 2013.

MEIRA, Edinéia Campos. Risco de quedas no ambiente físico domiciliar de idosos. Textos Envelhecimento, v. 8, n. 3, p. 381- 396, 2005.

MENDES, Karina Dal Sasso; SILVEIRA, Renata Cristina de Campos; GALVÃO, Cristina Maria. Revisão Integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto Enfermagem, v. 17, n. 4, p. 758-764, 2008.

MOYLAN, Kyle C.; BINDER, Ellen F. Falls in older adults: risk assessment, management and prevention. American Journal of Medicine, v. 120, n. 6, p. 493-497, 2007.

NASCIMENTO, Lilian Cristina Gomes; PATRIZZI, Lislei Jorge; OLIVEIRA, Carla Cristina Esteves Silva. Efeito de quatro semanas de treinamento proprioceptivo no equilíbrio postural de idosos. Fisioterapia em Movimento, v. 25, n. 2, p. 325-331, 2012.

ORLANDO, Mariana Martinez; SILVA, Maria Stella Peccin; LOMBARDI JUNIOR, Império. The influence of the practice of physical activity on the quality of life, muscle strength, balance, and physical ability in the elderly. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 16, n. 1, p. 117-126, 2013.

PATEL, Mitesh; et al. The contribution of mechanoreceptive sensation on stability and adaptation in the young and elderly. Europeu Jornal of Applied Physiology, v. 105, n. 2, p. 167-173, 2009.

PIMENTEL, Renata Martins; SCHEICHER, Marcos Eduardo. Comparação do risco de queda em idosos sedentários e ativos por meio da escala de equilíbrio de Berg. Fisioterapia e Pesquisa, v. 16, n. 1, p. 6-10, 2009.

PICCOLI, João Carlos Jaccottet; et al. Coordenação global, equilíbrio, índice de massa corporal e nível de atividade física: um estudo correlacional em idosos de Ivoti, RS, Brasil. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 15, n. 2, p. 209-222, 2012.

PRAMPERO, Pietro E.; NARICI, Marco V. Muscles in microgravity: from fibres to human motion. Journal of Biomechanics, v. 36, n. 3, p. 403-12, 2003.

PRATA, Melina Galetti; SCHEICHER, Marcos Eduardo. Correlation between balance and the level of functional independence among elderly people. Sao Paulo Medicine Journal, v. 130, n. 2, p. 97-101, 2012.

RAO, Shobha S. Prevention of falls in older patients. American Family Physician, v. 1, n. 72, p. 81-88, 2005.

SÁ, Ana Claudia Antonio Maranhão; BACHION, Maria Márcia; MENEZES, Ruth Losada. Exercício físico para prevenção de quedas: ensaio clínico com idosos institucionalizados em Goiânia, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 17, n. 8, p. 2117-2227, 2012.

SANCHIS-GOMAR, Fabian; GÓMEZ-CABRERA, Mari Carmen; VIÑA, Jose. The loss of muscle mass and sarcopenia: non hormonal intervention. Experimental Gerontology, v. 46, n. 12, p. 967-969, 2011.

SANTOS, Gilmar M.; et al. Predictive values at risk of falling in physically active and no active elderly with Berg Balance Scale. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 15, n. 2, p. 95-101, 2011.

SILVA, Andressa da; et al. Equilíbrio, coordenação e agilidade de idosos submetidos à prática de exercícios físicos resistidos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 14, n. 2, p. 88-93, 2008.

SILVA, José Mário Nunes; et al. Correlação entre o risco de queda e autonomia funcional em idosos institucionalizados. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 16, n. 2, p. 337-346, 2013.

SILVA JÚNIOR, João Pedro; et al. Estabilidade das variáveis de aptidão física e capacidade funcional de mulheres fisicamente ativas de 50 a 89 anos. Revista Brasileira Cineantropometria & Desempenho Humano, v. 13, n. 1, p. 8-14, 2011.

SIMOCELI, Lucinda; et al. Perfil diagnóstico do idoso portador de desequilíbrio corporal: resultados preliminares. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, v. 69, n. 6, p. 772-727, 2003.

SOARES, Elizabeth Viana. Reabilitação vestibular em idosos com desequilíbrios para marcha. Perspectivas Online, v. 1, n. 3, p. 88-100, 2007.

SULLIVAN, Edith V.; et al. Postural sway reduction in aging men and women: relation to brain structure, cognitive status, and stabilizing factors. Neurobiology of Aging, v. 30, n. 5, p. 793-807, 2009.

TAVARES, Aline Cristina; SACCHELLI, Tatiana. Functional activity evaluation in elderly people after cinesiotherapy. Revista Neurociências, v. 17, n. 1, p. 19-23, 2009.

TEIXEIRA, Clarissa Stefani; et al. A influência dos sistemas sensoriais na plataforma de força: estudo do equilíbrio corporal em idosas com e sem queixa de tontura. Revista CEFAC, v. 12, n. 6, p. 1025-1032, 2010.

TRELHA, Celita Salmaso; et al. Effect of an exercise program on risk factors of falls in elderly women. Acta Scientiarum. Health Science, v. 34, p. 257-261,2012.

VILAÇA, Karla H. C.; et al. Body composition, muscle strength and quality of active elderly women according to the distance covered in the 6-minute walk test. Brazilian Journal of Physical Therapy, v. 17, n. 3, p. 289-296, 2013.




Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2