ADAPTAÇÃO TRANSCULTURAL DE INSTRUMENTOS PARA IDOSOS NO BRASIL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Rodrigo da Silva Maia, Rayane Alves Torres, Jarina Gabrielle Aquino Oliveira, Eulália Maria Chaves Maia

Resumo


A adaptação transcultural de instrumentos objetiva promover o intercâmbio cultural de instrumentos e/ou métodos de uma realidade cultural para outra, buscando seguir algumas severidades metodológicas, garantindo que os aspectos de mensuração do instrumento sejam fidedignos e não distorcidos para realidade sociocultural a que se destina a adaptação. Em razão do crescimento de estudos voltados à velhice, este estudo pretendeu caracterizar os estudos que realizaram uma adaptação transcultural de instrumentos para a população idosa no contexto brasileiro.Trata-se de uma revisão integrativa de literatura. Realizou-se uma busca de artigos nas bases de dados ISI Web of Science, LILACS e SciELO, durante o período de julho a agosto de 2013, com corte temporal de janeiro de 2006 a agosto de 2013 utilizando conjuntamente os termos ‘adaptação transcultural’ e ‘idoso’, no idioma inglês. Ao todo, foram objeto desta revisão um total de 17 artigos, representando um total de 26,9% do achado inicial, que foram apresentados em três categorias temáticas, a saber:a) artigos referentes a adaptação de instrumentos que fazem a avaliação de aspectos cognitivos, b) que investigam aspectos da funcionalidade (capacidade funcional e autonomia) e desempenho em atividades motoras/físicas, e c) que investigavam aspectos psicossociais do sujeito idoso. A revisão integrativa aqui empreendida pretendeu apresentar, brevemente, os instrumentos existentes que foram ou tem sido submetidos ao procedimento de adaptação transcultural.  Salienta-se que, apesar de recentemente divulgada no contexto do nosso país, a adaptação transcultural surge como uma possibilidade de promover o intercâmbio de instrumentos e/ou métodos de uma realidade cultural para outra.


Palavras-chave


Envelhecimento; idoso; adaptação transcultural; revisão integrativa; instrumentos

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Leandro da Silva. Avaliação Psicológica – Exigências e desenvolvimento nos seus métodos. In: WECHSLER, S. M. & GUZZO, R. S., Avaliação psicológica – perspectiva internacional. 2. Ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005, p. 41-55.

ALMEIDA, Osvaldo P; ALMEIDA,Shirley A. Confiabilidade da versão brasileira da escala de depressão em geriátrica (GDS) versão reduzida. Revista deNeuropsiquiatria, São Paulo, v.57, n.2B, p. 421-426,1999.

ALMEIDA, Thiago de; LOURENÇO, Maria Luiza. Amor e sexualidade na velhice: direito nem sempre respeitado. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, Passo Fundo, v. 5, n. 1, p. 130-140, 2008.

ARAÚJO, Louise G; LIMA, Débora M. F; SAMPAIO, Rosana F; PEREIRA, Leani S. M. Escala de lócus de controle da dor: adaptação e confiabilidade para idosos. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, 14(5), 438-445, 2010.

BEATON, Docas E; BOMBARDIER, Claire; GUILLEMIN, Francis; FERRAZ, Marcos Bosi. Guidelines for process of cross-cultural adaptation of self-report measures. Spine, v. 25, n. 24, p. 3186-3191, 2000.

BRITO, Thais Alves; FERNANDES, Marcos Henrique; COQUEIRO, Raildo da Silva; JESUS, Cleber Souza. Falls and functional capacity in the oldest old dwelling in the community. Texto & Contexto – Enfermagem, Florianópolis,v. 22, n.1, p. 43-51, 2013.

CALDAS, Célia Pereira. Atenção ao idoso baseada na capacidade funcional. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, p. 217, 2013.

CALDAS, Vescia Vieira de Alencar; ZUNZUNEGUI, Maria Victoria; FREIRE, Aline do Nascimento Falcão; GUERRA, Ricardo Oliveira. Translation, cultural adaptation and psychometric evaluation of the Leganés cognitive test in a low educated elderly Brazilian population. Arquivos de Neuropsiquiatria, São Paulo, v. 70, n. 1, p. 22-27, 2012.

CAMARGOS, Flavia FO; DIAS, Rosangela C.; DIAS, João MD; FREIRE, Maria TF. Adaptação transcultural e avaliação das propriedades psicométricas da Falls Efficacy Scale – International em idosos brasileiros (FES-I-BRASIL). Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 14, n. 3, p. 237-247, 2010.

CASTRO, Sandra Meirelles de; PERRACINI, Monica Rodrigues; GANANÇA, Fernando Freitas. Versão brasileira do Dynamic Gait Index. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, São Paulo, v. 72, n. 6, p. 817-825, 2006.

CHAIMOWICZ, Flávio. O envelhecimento populacional no mundo. In FORLENZA, O. V., Psiquiatria Geriátrica: do diagnóstico precoce à reabilitação, 1. Ed. São Paulo: Atheneu, 2007, p. 11-15.

DEL DUCA, Giovani Firpo; SILVA, Marcelo Cozzensa da; HALLAL, Pedro Curi. Incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária em idosos. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 43, n. 5, p. 796-805, 2009.

FABRÍCIO-WEHBE, Suzele Cristina Coelho; SCHIAVETO, Fábio Veiga; VENDRUSCULO, Thaís Ramos Pereira; HAAS, Vanderlei José; DANTAS, Rosana Aparecida Spadoti; RODRIGUES, Rosalina Aparecida Partezani. Adaptação Cultural e Validade da Edmonton FrailScale – EFS em uma amostra de idosos brasileiros. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 17, n. 6, p. 1043-1049, 2009.

GJERSING, Linn; CAPLEHORN, John RM; CLAUSEN, Thomas. Cross-cultural adaptation of research instruments: language, setting, time and statistical considerations. BMC Medical Research Methodology, v. 10, n. 13, 2010. Disponível em: http://www.biomedcentral.com/1471-2288/10/13Acessado em: 03/04/2013.

GUILLEMIN, Francis; BOMBARDIER, Claire; BEATON, Docas E. Cross-cultural adaptation of health-related quality of life measures: literature review and proposed guidelines. Journal of Clinical Epidemiology, v. 46, n. 12, p. 1417-1432, 1993.

HERDMAN, Mike; FOX-RUSHBY, Julia; BADIA, Xavier. “Equivalence” and the translation and adaptation of health-related quality of life questionnaires.Quality of Life Research, v. 6, n. 3, p. 237-247, 1997.

HERDMAN, Mike; FOX-RUSHBY, Julia; BADIA, Xavier. A model of equivalence in the cultural adaptation of HRQoL instruments: the universalist approach. Quality of Life Research, v. 7, n. 4, p. 323-335, 1998.

LIMA, Daniele Aguiar; LOURENÇO, Roberto Alves. Adaptação para o Português da seção A do Cambridge Examination for Mental Disorders of the Elderly – Revised Version (CAMDEX-R) para o diagnóstico de demência. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 26, n. 7, p. 1345-1354, 2010.

LINO, Valéria Teresa Saraiva; PEREIRA, Silvia Regina Mendes; CAMACHO, Luiz Antônio Bastos; RIBEIRO FILHO, Sergio Telles; BUKSMAN, Salo. (2008). Adaptação transcultural da Escala de Independência em Atividades da Vida Diária (Escala de Katz). Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 1, p. 103-112, 2008.

LISBOA, Cristiane Rabelo; CHIANCA, Tania Couto Machado. Perfil epidemiológico, clínico e de independência funcional de uma população idosa institucionalizada.Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 65, n.3, p. 482-488, 2012.

LOURENÇO, Roberto A; VERAS, Renato Peixoto. Mini-Exame do Estado Mental: características psicométricas em idosos ambulatoriais. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 712-719, 2006.

LUSTOSA, Lygia Paccini; PEREIRA, Daniele Sirineu; DIAS, Rosângela Correa, BRITTO, Raquel Rodrigues, PARENTONI, Adriana Netto; PEREIRA, Leani Souza Máximo. Tradução e adaptação transcultural do Minnesota Leisure Time ActivitiesQuestionnaire em idosos. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 5, n. 2, p. 57-65, 2011.

MARTINY, Camila; SILVA, Adriana Cardoso de Oliveira; NARDI, Antonio Egidio; PACHANA, Nancy Ann. Tradução e adaptação transcultural da versão brasileira do Inventário de Ansiedade Geriatrica (GAI). Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 38, n. 1, p. 8-12, 2011.

MENDES, Karina Dal Sasso; SILVEIRA, Renata Cristina de Campos Pereira; GALVÃO, Cristina Maria. Revisão Integrativa: métodos de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto - Enfermagem, Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758-764, 2008.

MORAES, Sandra Renata Pinatti de; SILVA, Luis Sidônio Teixeira da. An evaluation of the burden of Alzheimer patients on family caregivers. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 8, p. 1807-1815, 2009.

NERI, Anita Liberalesso. O Inventário Sheppard para medida de atitudes em relação à velhice e sua adaptação para o português. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 3, n. 1/2, p. 23-42, 1986.

PAIXÃO JÚNIOR,Carlos Montes;REICHENHEIM, Michael Eduardo; MORAES, Claudia Leite; COUTINHO, Evandro Silva Freire; VERAS, Renato P. Adaptação transcultural para o Brasil do instrumento Caregiver Abuse Screen (CASE) para detecção de violência de cuidadores contra idosos. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 9, p. 2013–2022, 2007.

PARADELA, Emylucy Martins Paiva; LOPES, Claudia de Souza; LOURENÇO, Roberto Alves. Adaptação para o português do Cambridge Cognitive Examination-Revised aplicado em um ambulatório público de geriatria. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 25, n.12, p. 2562-2570, 2009.

PEREIRA, Leani Souza Máximo; MARRA, Taís Almeida; FARIA,Christina Danielli Coelho de Morais; PEREIRA, Daniele Sirineu; MARTINS, Maria Aparecida Alves; DIAS, João Marcos Domingues; DIAS, Rosângela Corrêa. Adaptação transcultural e análise da confiabilidade do Southampton Assessment of Mobility para avaliar a mobilidade de idosos brasileiros com demência. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 10, p. 2085-2095, 2006.

REICHENHEIM, Michael Eduardo; MORAES, Claudia Leite. Operacionalização de adaptação transcultural de instrumentos de aferição usados em epidemiologia. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 41, n. 1, p. 665-673, 2007.

REICHENHEIM, Michael Eduardo; PAIXÃO JÚNIOR, Carlos Montes; MORAES, Claudia Leite. Adaptação transcultural para o português (Brasil) do instrumento Hwalek-Sengstock Elder Abuse Screening Test (H-S/EAST) utilizado para identificar risco de violência contra o idoso. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 8, p. 1801-1813, 2008.

RISMAN, Arnaldo. Sexualidade e Terceira Idade: uma visão histórico-cultural. Textos Envelhecimento, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, p. 89-115, 2005.

SANCHEZ, Maria Angelica dos Santos; CORREA, Pricila Cristina Ribeiro; LOURENÇO, Roberto Alves. Cross-cultural Adaptation of the “Functional Activities Questionnaire - FAQ” for use in Brazil. Dementia & Neuropsychologia, São Paulo, v. 5, n. 4, p. 322-327, 2011.

SOUZA, Aline Cristina; MAGALHÃES, Lívia de Castro; TEIXEIRA-SALMELA, Luci Fuscaldi. Adaptação transcultural e análise das propriedades psicométricas da versão brasileira do Perfil de Atividade Humana. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 12, p. 2623-2636, 2006.

TORRES, Tatiana de Lucena & CAMARGO, Brigido Vizeu. Aspectos metodológicos na pesquisa com idosos em ciências humanas e sociais. In: TURA, L. F. R. & SILVA, Antônia Oliveira, Envelhecimento e representações sociais. 1. Ed. Rio de Janeiro: Faperj, 2012, p. 89-113.

TRENTINI, Clarissa Marceli & GONÇALVES, Marcia Toralles Avila. Os métodos de investigação na pesquisa junto a cuidadores de idosos com a Doença de Alzheimer. Psico, Porto Alegre, v. 40, n. 3, p. 308-318, 2009.

VIANA, Helena Brandão; GUIRARDELLO, Edinêis de Brito; MADRUGA, Vera Aparecida. Tradução e Adaptação Cultural da Escala ASKAS – Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale em idosos brasileiros. Texto & Contexto - Enfermagem, Florianópolis,v. 19, n. 2, p. 238-245, 2010.

VICTOR, Janaina Fonseca;XIMENES, Lorena Barbosa;ALMEIDA, Paulo Cesar de. Adaptação transcultural para o Brasil da Exercise Benefits/Barriers Scale (EBBS) para aplicação em idosos: uma avaliação semântica. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 12, p. 2852-2860, 2008.




Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2