ANÁLISE DE GRUPOS DE PESQUISA EM ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO NO BRASIL

Joilson Meneguci, Rafaela Gomes Santos, Douglas Assis Teles Santos, Renata Damião, Jair Sindra Virtuoso Júnior, Edmar Lacerda Mendes

Resumo


Atividade física regular tem sido recomendada pelos estudiosos da área do envelhecimento devido aos seus benefícios à saúde. O objetivo desse estudo foi analisar e caracterizar os Grupos de Pesquisa em Atividade Física e Envelhecimento no Brasil, de acordo com a distribuição geográfica. Realizou-se busca sistemática no Diretório de Grupos de Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico sobre a temática: Atividade Física e Envelhecimento. Os Grupos de Pesquisa em Atividade Física e Envelhecimento certificados estão distribuídos entre as regiões Sudeste (n=8), Sul (n=6) e Nordeste (n=4). Artigos publicados em periódicos representam 69,7% (n=639) da produção científica da região Sudeste, 65,0% (n=39) da região Sul e 64,9% (n=126) da região Nordeste. Observou-se um gradativo aumento no número de Grupos de Pesquisa em Atividade Física e Envelhecimento no Brasil, porém estes grupos ainda não estão distribuídos por todo país.


Palavras-chave


Atividade Física; Envelhecimento; Produção Científica; Ciências da Saúde

Texto completo:

PDF


Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2