O SUPERENDIVIDAMENTO NA TERCEIRA IDADE: UM ESTUDO DE CASO

Jeanine Bender de Paula, Lucas Graeff

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar um estudo de caso de superendividamento na Terceira Idade. Procura-se mostrar em que medida essa situação provoca mudanças profundas na organização da vida familiar e social de um indivíduo. Parte-se de uma rápida apresentação dos procedimentos de coleta e do quadro analítico-conceitual utilizado. Em seguida, realiza-se a análise dos dados. Ao final, discute-se por que, mesmo sendo possuidor de direitos fundamentais, nem sempre é possível para o idoso recorrer a eles a fim de antecipar ou de se resguardar nos princípios da boa-fé e do equilíbrio nas relações entre consumidores e fornecedores.

Palavras-chave


superendividamento; Terceira Idade; direitos do consumidor

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Estudo de caso: seu potencial na educação. Caderno de Pesquisas da FCC, Rio de Janeiro, n. 49, 1984, p. 51-54.

BARROS, Myriam Moraes Lins de (org.). Velhice ou terceira idade?. Rio de Janeiro: FGV Editora, 1998.

BAUMAN, Zigmunt. Em busca da política. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

BARBOSA, Lívia; CAMPBELL, Colin. (2006). Cultura, Consumo e Identidade. Rio de Janeiro: FGV, 2000.

BECK, Ulrich. A sociedade do risco. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2011.

BERTONCELLO, Káren Rick Danilevicz. Banco de dados e superendividamento do consumidor: cooperação, cuidado e informação. Revista de Direito do Consumidor, São Paulo: RT, n. 50, 2004.

___________________; LIMA, Clarissa Costa de. Projeto piloto Tratamento das situações de superendividamento do consumidor. Resumo de projeto de pesquisa. Porto Alegre: Prêmio Innovare, 2008. Disponível em: http://www.premioinnovare.com.br/praticas/projeto-piloto-tratamento-das-situacoes-de-superendividamento-do-consumidor-2555/print/

BOBBIO, Norberto. Era Dos Direitos. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. São Paulo: Elsevier Brasil, 2004.

BUAES, Caroline. Sobre a construção de conhecimentos: uma experiência de educação financeira com mulheres idosas em um contexto popular. Tese de doutorado em Educação. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2011.

CAMPBELL, Colin. A ética romântica e o espírito do consumismo moderno. Rio de Janeiro: Rocco, 2001

CANCLINI, Nestor Garcia. Consumidores e Cidadãos. Rio de Janeiro: UFRJ, 2006.

CASTEL, Robert. As metamorfoses da questão social. Petrópolis/RJ: Vozes, 1998.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. São Paulo: Cortez, 1991.

DEBERT, Guita Grin. A invenção da terceira idade e a rearticulação de formas de consumo e demandas políticas. Revista Brasileira de Ciências Sociais , 12 (34), 1997, pp. 39-56.

____________. A reinvenção da velhice: socialização e processos de reprivatização do envelhecimento. São Paulo: EDUSP, 1999.

FEATHERSTONE, Mike. Cultura global. Petrópilis/RJ: Vozes, 1990.

FEATHERSTONE, Mike. O curso da vida: corpo, cultura e o imaginário no processo de envelhecimento. IN: DEBERT, Guita Grin (org.). Textos didáticos: Antropologia e Velhice. IFCH/Unicamp n 13. Março 1994. p. 49-71

GIDDENS, Anthony. Modernidade e identidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

GOFFMAN, Ervin. Estigma. Tradução de Mathias Lambert. Rio de Janeiro: LTC, 1988.

GRAEFF, Lucas. Representações Sociais da Aposentadoria. Textos sobre Envelhecimento , 4 (7), 2002, pp. 19-34.

GUILLEMARD, Anne-Marie. Le déclin du social. Paris: P.U.F., 1986.

HONNETH, Axel. Luta por reconhecimento. Tradução Luís Repa. Lisboa: Editora 34, 2003.

_______________. La société du mépris. Tradução de Olivier Voirol, Pierre Rusch e Alexandre Dupeyrix. Paris: Editions La Découverte, 2008.

LASLETT, Peter. The emergence of the third age. Aging and Society, v. 7, n. 2, 1987, pp. 133-160.

LENOIR, Remi. Objeto sociológico e problema social. IN: CHAMPAGNE, Patrick; LENOIR, Remi; MERILLIÉ, Dominique; PINTO, Louis. Iniciação à prática sociológica. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996. p. 59-106.

MARQUES, Claudia Lima. Sugestões para uma lei sobre o tratamento do superendividamento de pessoas físicas em contratos de crédito ao consumo: proposições com base em pesquisa empírica de 100 casos no Rio Grande do Sul. In: ______________; CAVALLAZZI, Rosângela Lunardelli (orgs). Direitos do Consumidor Endividado: Superendividamento e crédito. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2006, p. 255-309.

PAULA, Janine Bender. Consumo: um ponto de vista cultural visando uma educação para o consumo consciente na Terceira Idade. Dissertação de mestrado. Canoas/RS: Centro Universitário La Salle, 2012.

PEIXOTO, Clarice. Envelhecimento e imagem: as fronteiras entre Paris e Rio de Janeiro. São Paulo: Annablume, 2000.

PEZZELLA, Maria Cristina Cerese. A Eficácia Jurídica na Defesa do Consumidor: o poder do jogo na publicidade: um estudo de caso. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2004.

TURNER, Victor. From ritual to theatre: the human seriousness of play. New York:: PAJ Publications, 1982.

VELHO, Gilberto. Individualismo e cultura: Notas para uma antropologia da sociedade contemporânea. 7. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.




Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2