DESCRIÇÃO E COMPARAÇÃO DOS NÍVEIS DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO EM IDOSAS PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE EXERCÍCIO FÍSICO

Rafael Setim Porto Alegre, Wagner Luis Ripka, Luis Paulo Gomes Mascarenhas, Carlos Alberto Afonso

Resumo


Este estudo objetivou descrever e comparar a mobilidade e equilíbrio em idosas praticantes e não praticantes de exercício físico. A amostra (n=42) foi dividida em: praticantes de exercício físico regular e não praticantes, onde se aplicou o teste de mobilidade “Time up & Go” e a escala de equilíbrio funcional de Berg. As diferenças entre os grupos foram analisadas pelo teste t para amostras independentes e, o teste de Pearson para correlação das variáveis. Os resultados apontam que idosas ativas obtiveram melhores resultados em ambos os testes. Foi observada uma forte correlação entre os dois testes (r = -0,808; p < 0,05). Conclui-se que idosas praticantes de exercícios físicos regulares apontam melhores níveis de mobilidade e equilíbrio quando comparadas com não-praticantes.


Palavras-chave


Idosas; Exercício Físico; Equilíbrio Postural.

Texto completo:

PDF


Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2