USANDO O TEMPO A FAVOR DO BEM-ESTAR: UMA CONFIGURAÇÃO DO ESTILO DE VIDA DOS IDOSOS

Ana Raquel Mendes dos Santos, Hemília Gabrielly de Oliveira Cartaxo, Emília Amélia Pinto Costa da Silva, Petrúcio Venceslau de Moura, Clara Maria Silvestre Monteiro de Freitas

Resumo


Resumo: Este estudo teve como objetivo analisar o uso do tempo diário de 103 idosos participantes do Programa de Atenção ao Idoso da cidade de Recife-PE. Os instrumentos utilizados foram o Questionário de Caracterização Sociodemográfica, o Questionário Histórico Clínico e o Questionário de Estilo de Vida e Envelhecimento Bem-Sucedido, nos quais as respostas foram categorizadas por meio da Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados permitiram inferir que os atores sociais se preocupam com a sua saúde, consultando seus médicos periodicamente. Além disso, o grupo estudado procura atender as suas necessidades de descanso e de religiosidade, como também de exercitar leitura/estudos, aprendizagem de novos equipamentos eletrônicos e contato com pessoas de sua estima. Por outro lado, identificou-se que a maioria não procura frequentar grupos organizados para desenvolver atividades em geral. Do mesmo modo, eles não realizam atividades domésticas e exercícios com a finalidade de lazer e saúde, provocando assim um estilo de vida sedentário. Para tanto, torna-se relevante o estabelecimento de políticas públicas que incentivem a prática de exercícios físicos conduzidos por profissionais de Educação Física.

Palavras-chave: Envelhecimento. Estilo de vida. Tempo.


Palavras-chave


Envelhecimento; Estilo de vida; Tempo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Claudia Lysia de Oliveira; CEOLIM, Maria Filomena. Qualidade do sono de idosos residentes em instituição de longa permanência. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 44, n. 3, p. 619-626, set. 2010.

ARAÚJO, Maria Odete Pereira Hidaldo de; CEOLIM, Maria Filomena. Avaliação do grau de independência de idosos residentes em instituições de longa permanência. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 41, n. 3, p. 378-385, set. 2007.

AREOSA, Silvia Coutinho; BEVILACQUA, Patricia; WERNER, Juliana. Representações sociais do idoso que participa de grupos para terceira idade no município de Santa Cruz do Sul. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 5, p. 81-100, 2003.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2009.

BORGES, Paula Lutiene de Castro et al. Perfil dos idosos frequentadores de grupos de convivência em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 12, p. 2798-2808, dez. 2008.

BUSS, Paulo Marchiori. Promoção da saúde e qualidade de vida. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p. 163-177, 2000.

CAMPAGNA, Jossett; SCHWARTZ, Gisele Maria. O conteúdo intelectual do lazer no processo do aprender a envelhecer. Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 2, p. 414-424, abr./jun. 2010.

CARDOSO, Adilson Santana; MAZO, Giovana Zarpellon; JAPIASSÚ, Adriana Tavares. Relações entre aptidão funcional e níveis de atividade fisica de idosas ativas. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, Florianópolis, v. 13, n 2, p. 84-93. 2008.

CARDOSO, Myrian Cristina da Silva.; FERREIRA, Maria Cristina. Envolvimento religioso e bem-estar subjetivo em idosos. Psicologia: Ciência e Profissão, Rio de Janeiro, v. 29, n. 2, p. 380-393, 2009.

COSTA, Efraim Carlos; NAKATANI, Adélia Yaeko Kyosen; BACHION, Maria Márcia. Capacidades de idosos na comunidade para desenvolver Atividades de Vida Diária e Atividades Instrumentais de Vida Diária. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 43-48, 2006.

COSTA, Juvenal Soares Dias et al. Prevalência de consultas médicas e fatores associados, Pelotas, 1999-2000. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 42, n. 6, p. 1074-1084, dez. 2008.

DEL DUCA, Giovâni Firpo; SILVA, Marcelo Cozzensa da; HALLAL, Pedro Curi. Incapacidade funcional para atividades básicas e instrumentais da vida diária em idosos. Revista

de Saúde Pública, São Paulo, v. 43, n. 5, p. 796-805, out. 2009.

DEPONTI, Renata Nadalon; ACOSTA, Marco Aurelio de Figueiredo. Compreensão dos idosos sobre os fatores que influenciam no envelhecimento saudável. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 15, n. 1, p. 33-52, 2010.

DOIMO, Leonice Aparecida; DERNTL, Alice Moreira. Uso do tempo no cotidiano dos idosos: um método indicador do estilo e modo de vida na velhice. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p. 37-54, 2006.

DOIMO, Leonice Aparecida; DERNTL, Alice Moreira; LAGO, Olival Cardoso do. O uso do tempo no cotidiano de mulheres idosas: um método indicador do estilo de vida de grupos populacionais. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 4, p. 1133-1142, jul/ago. 2008.

DUMAZEDIER, Joffre. A revolução cultural do tempo livre. São Paulo: Estúdio Nobel, 1994.

EITELWEIN, Alici Maria; PIEKARSKI, Sueli. Jogos intelectivos para idosos na Fundação de Ação Social em Curitiba. Revista Gestão Pública em Curitiba, Curitiba, v. 1, n. 2, p.17-22, mai/ago. 2010.

ELIAS, Norbert; DUNNING, Eric. A Busca da Excitação. Lisboa: Difel, 1992.

FIEDLER, Mariarosa Mendes; PERES, Karen Glazer. Capacidade funcional e fatores associados em idosos do Sul do Brasil: um estudo de base populacional. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 2, p. 409-415, fev. 2008.

FLORINDO, Alex Antonio et al. Práticas de atividades físicas e fatores associados em adultos, Brasil, 2006. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 43, Supl. 2, p. 65-73, nov. 2009.

GEIB, Lorena Teresinha Consalter et al. Sono e envelhecimento. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, v. 25, n. 3, p. 453-465, set/dez. 2003.

GUIMARÃES, Laiz Helena de Castro Toledo; LIMA, Mitchelly Dehone; SOUZA, Juliana Aparecida de. Atividade Física em grupo melhora o sono de idosas sedentárias. Revistas

Neurociências, São Paulo, v. 15, n. 3, p. 203-206, 2007.

JANNUZZI, Fernanda Freire; CINTRA, Fernanda Aparecida. Atividades de lazer em idosos durante a hospitalização. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 40, n. 2, p. 179-187, jun. 2006.

LIMA-COSTA, Maria Fernanda; VERAS, Renato. Saúde pública e envelhecimento. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 19, n. 3, p. 700-701, maio/jun. 2003.

LUZ, Márcia Maria Carvalho; AMATUZZI, Mauro Martins. Vivências de felicidade de pessoas idosas. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 25, n. 2, p. 303-307, abr/jun. 2008.

MACHADO, Flávia Nunes. Capacidade e desempenho para a realização das atividades básicas de vida diária: um estudo com idosos dependentes. Belo Horizonte: Universidade

Federal de Minas Gerais, 2010. 129 f. (Dissertação), Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010.

MACIEL, Álvaro Campos Cavalcanti; GUERRA, Ricardo Oliveira. Influência dos fatores biopsicossociais sobre a capacidade funcional de idosos residentes no nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 178-189, jun. 2007.

MACIEL, Álvaro Campos Cavalcanti;Limitação funcional e sobrevida em idosos de comunidade. Revista da Associação Médica Brasileira, São Paulo, v. 54, n. 4, p. 347-352, jul/ago. 2008.

MARQUES, Luciana Fernandes. A saúde e o bem-estar espiritual em adultos portoalegrenses. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 23, n. 2, p. 56-65, jun. 2003.

MARTINS, Rosa Maria Lopes. Os idosos e as actividades de lazer. Revista Millenium, n. 38, p. 243-251, jun. 2010.

MENDES, Márcia Barbosa et al. A situação social do idoso no Brasil: uma breve consideração. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 18, n. 4, p. 422-426, 2005.

MICHELIN, Edilaine; CORRENTE, José Eduardo; BURINI, Roberto Carlos. Associação dos níveis de atividade física com indicadores socioeconômicos, de obesidade e de aptidão física em adultos. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, Florianópolis, v. 15, n. 1, p. 35-41, 2010.

NAKATANI, Adélia Yaeko Kyosen et al. Capacidade funcional em idosos na comunidade e propostas de intervenções pela equipe de saúde. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, v. 11, n. 1, p. 144-150, 2009.

NETTO, Matheus Papaléo. Gerontologia. São Paulo: Atheneu, 2002.

OLIVEIRA, Beatriz Helena Domingos et al. Relações entre padrão do sono, saúde percebida e variáveis socioeconômicas em uma amostra de idosos residentes na comunidade: Estudo PENSA. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, n. 3, p.

-860, mai. 2010.

PASCHOAL, Sérgio Marcio Pacheco; SALLES, Renata Freitas Nogueira; FRANCO, Renato. Epidemiologia do envelhecimento. In: NETTO, Matheus Papaléo. Tratado de Gerontologia. São Paulo: Atheneu, 2007. p. 39-40.

PASQUALOTTI, Adriano; BARONE, Dante Augusto Couto; DOLL, Johannes. As tecnologias de informação e comunicação na vida de idosos com sintomas de depressão: sigificado, experiências e relacionamentos. Novas Tecnologias na Educação, Rio Grande

do Sul, v. 5, n. 2, dez. 2007.

RIZZOLLI, Darlan; SURDI, Aguinaldo César. Percepção dos idosos sobre grupos de terceira idade. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 225-233, 2010.

SÁ, Maria Auxiliadora Ávila dos Santos; ALMEIDA, Laurinda Ramalho de. Idosos e computadores: facilitadores e limitadores no processo de aprender. In: Congresso Ibero-Americano de Psicogerontologia. 3, 2009, São Paulo. Diversidade, Subjetividade, Cultura e Poder. São Paulo: EDUC, 2009. p. 3.

SOARES, Dulce Helena Penna; LUNA, Iúri Novaes; LIMA, Marilaine Bittencourt de Freitas. A arte de aposentar-se: programa de preparação para aposentadoria com policiais

federais. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 15, n. 2, p. 293-313, 2010.

TAVARES, Darlene Mara dos Santos et al. Incapacidade funcional entre idosos residentes em um município do interior de Minas Gerais. Revista Texto & Contexto Enfermagem, Florianópolis, v. 16, n. 1, p. 32-39, jan/mar. 2007.

THOMAS, Jerry R.; NELSON, Jack K. Métodos de pesquisa em atividade física. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

TRAVASSOS, Claudia; VIACAVA, Francisco. Acesso e uso de serviços de saúde em idosos residentes em áreas rurais, Brasil, 1998 e 2003. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 10, p. 2490-2502, out. 2007.

VERAS, Renato. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 43, n. 3, p. 548-554, mai/jun. 2009.

VILARINO, Maria Aparecida Muller; LOPES, Marta Julia Marques. Envelhecimento e saúde nas palavras de idosos de Porto Alegre. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 13, n. 1, p. 63-77, 2008.

WITTER, Geraldina Porto et al. Êxito social e gênero na velhice: leitura e atividade física. Psico USF, Itatiba, v. 14, n. 3, p. 375-386, set/dez. 2009.

ZAITUNE, Maria Paula do Amaral et al. Fatores associados ao sedentarismo no lazer em idosos, Campinas, São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 6, p. 1329-1338, jun. 2007.




Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2