EFEITOS DE DIFERENTES TIPOS DE TREINAMENTO DE FORÇA NO DESEMPENHO DE CAPACIDADES FUNCIONAIS EM MULHERES IDOSAS

Cleiton Silva Corea, Ronei Silveira Pinto

Resumo


Os diferentes tipos de treinamento de força (TF) apresentam distintas adaptações do tecido muscular como o desenvolvimento de força máxima, potência e/ou força reativa muscular. Dentre estes tipos de TF, estão os treinamentos de força tradicional (TFT), potência (TP) e de força reativa, em que está presente o ciclo-alongamento-encurtamento (CAE) (TR). A habilidade de produzir força rapidamente requer a participação intensa das fibras do tipo IIX, condição esta frequentemente reduzida em mulheres idosas. A força rápida tem importância significativa, para homens e mulheres de todas as idades, destacando-se ainda mais em mulheres idosas. A prescrição de um tipo de TF que melhor desenvolva as atividades de vida diária (AVD) é primordial para a manutenção da independência física e qualidade de vida de idosas. A metodologia embasou-se em pesquisa bibliográfica, utilizando artigos atuais e clássicos da literatura sobre TF em mulheres idosas (publicados a partir de 2000) selecionados nas bases de dados  Pubmed e Sportdiscus, que comparassem e analisassem pelo menos dois tipos específicos de TF (TFT, TP e TR). Sendo assim, o objetivo do presente estudo de revisão foi comparar os efeitos de três diferentes tipos de TF no desempenho de capacidades funcionais em mulheres idosas. Como resultados os artigos consultados apresentam um consenso de que o TP e TR desenvolvam de forma mais eficaz as capacidades funcionais de mulheres idosas e que o TR é mais efetivo no desenvolvimento da força reativa muscular que o TP. Dessa forma, conclui-se que o TR é mais efetivo para o desenvolvimento da produção de força rápida do músculo que os outros tipos específicos de treinamento de força e por consequência disto, melhor desenvolve as capacidades funcionais de mulheres idosas.

EFFECTS OF DIFFERENT TYPES OF STRENGTHTRAINING ON THE FUNCTIONAL CAPACITY  PERFORMANCE IN ELDERLY WOMEN

abstract

Distinct adaptations of muscle tissue as the development of maximum strength, power and/or reactive muscle strength seems to be associated with different programs of strength training (ST). Among these several programs, there are the traditional strength training (TST), the power training (PT) and the reactive force, in which is present the stretch-shortening cycle (SSC) (RT). The ability to produce force rapidly requires intense participation of the type IIX fibers. This condition is often reduced in older women. However, this kind of force adaptation is very important for the elderly women functional capacity. Consequently, the prescription of one type of ST that best carries out the activities of daily living (ADL) is essential for maintaining physical independence and quality of life of elderly women. Therefore, the aim of this review study was to compare the effects of three different programs of ST in the performance of functional abilities in older women throughout a research on the current and classic papers (published since 2000) selected from the Pubmed and SPORTDiscus databases, that compare and analyze at least two specific types of ST (i.e. TST, PT and RT). The results of our review showed that the PT and RT are more effective for the development of functional capacities for older women than the other programs studied. Furthermore, the RT is more effective in developing reactive muscular strength exercises with the use of SSC than PT. The conclusion of the present study was that RT is more effective than the others specific programs studied of strength training for the development of rapid force. as well as, it was the best program associated with the development of the functional capacity for older women.


Palavras-chave


Treinamento de Força, Capacidade Funcional, Mulheres Idosas.

Texto completo:

PDF


Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento. ISSN: 1517-2473 (impresso) e 2316-2171 (eletrônico)
Qualis Capes 2016, área interdisciplinar: B2