ESTUDO DOS FATORES QUE INTERFEREM NO APROVEITAMENTO DE CHAPAS DE AÇO NO PROCESSO DE CORTE

Felipe da Silva Cruz, Cristiano Henrique Antonelli Da Veiga

Resumo


O presente estudo analisou os fatores que interferem no aproveitamento de chapas de aço oriundas do processo de corte de uma empresa de grande porte do ramo metal mecânico localizada no interior do RS. Na pesquisa foram contemplados os setores e funcionários que possuem relação direta com o aproveitamento das chapas de aço como o setor de PCP e o de estamparia da empresa. O objetivo principal foi descrever como ocorrem as ações de planejamento e de corte de chapas metálicas, mensurar o desperdício oriundo deste processo, identificar possíveis dificuldades e propor medidas que o tornem o corte mais eficiente na perspectiva de perdas. Por meio de entrevistas semi estruturadas e observação direta no chão de fábrica coletou-se os dados e após analisados são relatados neste estudo de caso. Observou-se que os principais fatores que interferem no aproveitamento das chapas de aço, para o caso em questão, foram às quantidades de peças a serem cortadas, a falta de políticas de utilização dos retalhos e as restrições impostas pelas dimensões de compras dos materiais em relação às especificadas nos projetos dos produtos.

Palavras-chave


processo de corte de chapas, desperdício, gestão da manufatura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1983-8026.46669