Multidimensionalidade da maturidade em gestão de projetos de sistemas de informação

Renato de Oliveira Moraes, Fernando José Barbin Laurindo

Resumo


Este artigo apresenta o resultado de um levantamento sobre o grau de formalização dos processos de gestão de projetos descritos no PMBoK (Project Management Body of Knowledge) em organizações que desenvolvem projetos de software. Este grau formalização, apesar não constituírem um modelo de maturidade, foi utilizado como uma medida dos diferentes níveis de maturidade empiricamente observados no contexto de nossa realidade. Os dados coletados foram submetidos a uma análise fatorial que levou a indicação de sete dimensões subjacentes a maturidade das organizações estudadas que possuem grande proximidade a estrutura do PMBoK. A análise de clusters, feita em seguida com o objetivo de agrupar as organizações que possuem um nível de maturidade homogêneo, levou a criação de categorias que não possuem uma estrutura semelhante aos dos modelos de maturidade. Foi observado que os grupos formados não podem ser ordenados, pois não é possível afirmar que um determinado grupo possui maturidade em gestão de projetos superior a outro. O que muda de um grupo para outro e o perfil desta maturidade. Sendo a maturidade, portanto, um conceito multidimensional, o que muda de um grupo para outro é o perfil destas dimensões.

Palavras-chave


gestão de projetos; maturidade em gestão de projeto; processos de gestão de projetos; projetos de tecnologia de informação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1983-8026.3506