Aplicação do GRAFCET na redução do retrabalho de uma linha de pintura automotiva

Luciano de Lima Lopes, Francisco José Grandinetti, Marcio Abud Marcelino

Resumo


Na área de pintura, em geral, o maior problema encontrado no processo de aplicação é a quantidade de impurezas sobre a superfície de trabalho. As empresas fazem muitos investimentos para eliminar este problema que, em muitas vezes, é invisível ao olho humano. Inicialmente, procurou-se mapear e identificar as áreas com maior sujidade na planta estudada. Encontraram-se cabines com boas condições para aplicação, porém, a parte exterior da cabine possuía outras fontes contamináveis, como o próprio ar (devido ao sistema de filtragem) e as poeiras, ambas geradas pelo processo. Este trabalho apresenta um sistema de filtragem de ar na área de pintura, o sistema de limpeza das carrocerias e a proposta de implementação de uma cortina de ar automatizada para limpeza das carrocerias na área de pintura. Nesta cortina, desenvolveu-se um sistema de automação em que é possível gerar a trajetória para cada tipo de veículo, levando em consideração a sua silhueta. O programa para o funcionamento da cortina foi implementado em linguagem “Ladder”; o programa para o cálculo da trajetória foi implementado em linguagem “C” e a descrição do funcionamento foi realizado utilizando o diagrama de blocos GRAFCET, o que permitiu a verificação de cada etapa do funcionamento da cortina. Sensores ópticos são utilizados para garantir a segurança do sistema quando este estiver em funcionamento. Ensaios, realizados com simulação de limpeza em placas, comprovaram a eficiência do sistema.

Palavras-chave


cortina de ar; limpeza; automatizada; Ladder; GRAFCET

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1983-8026.3193