Uma análise do comportamento dos indivíduos em processos de escolha sob pressão de tempo

Mauri Leodir Lobler, Eliete dos Reis, Kathiane Benedetti Corso, Larissa Medianeira Bolzan

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar como a pressão do tempo influencia na qualidade das decisões. Por meio de um experimento e com o auxílio de um Sistema de Apoio à Decisão foram analisados noventa e oito sujeitos, separados em dois grupos experimentais, de acordo com a incidência ou não da pressão do tempo. O teste Qui-quadrado mostrou que a pressão do tempo não influenciou negativamente na qualidade de decisão. Também foi verificado o comportamento dos indivíduos que, pressionados pelo tempo, buscaram a informação por critérios e não por alternativa. Porém, os indivíduos que iniciaram acessando a informação por alternativa, após um determinado tempo, mudaram para a abertura das células através dos critérios, visando superar o tempo limitado. Pressupostos da Teoria da Imagem justificaram alguns achados, indicando que as imagens previamente estruturadas na mente do decisor, as quais representam suas preferências, são uma forma de enfrentar a pressão do tempo.

Palavras-chave


Pressão do Tempo; Comportamento; Escolha; Processo Analítico Hierárquico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1983-8026.27063