Gestão da mudança dos padrões culturais em direção ao paradigma da transformação: o caso da organização alfa

Nildes Pitombo Leite, Vanderli Correia Prieto

Resumo


Este trabalho aborda o estudo do processo de mudança dos padrões culturais de uma subsidiária, no Brasil, de uma organização multinacional norte-americana que produz insumos para a indústria de aço. Adotou-se o modelo teórico de processo de transformação de quatro etapas, envolvendo auscultação, concepção, disseminação e sustentação. A pesquisa de campo desenvolveu-se por meio de um estudo de caso de natureza exploratória. Utilizou-se o método qualitativo de coleta e análise dos dados. Envolveram-se, na coleta, cinco grupos de mobilização, constituídos com base nos incidentes críticos levantados pela organização, totalizando sessenta e oito pessoas. Buscou-se responder a questão de pesquisa: Como gerir o processo de mudança dos padrões culturais de uma organização, do paradigma da estabilidade para o da transformação? A partir das análises realizadas, pôde-se concluir que a forma de gerir o processo de mudança dos padrões culturais da organização Alfa encontra resposta no próprio processo estratégico de transformação utilizado, que buscou desenvolver a interação contínua e a regulação entre contexto, processo e conteúdo.

Palavras-chave


Gestão da Mudança; Cultura Organizacional; Paradigma da Transformação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1983-8026.2107