Fazer e Pensar: Uma experiência poética partir do descarte de sucatas no Meio Ambiente

Jane Andiara Soares Zofoli

Resumo


Neste trabalho faço uma reflexão acerca do descarte e suas implicações ao meio ambiente, com foco na sustentabilidade, buscando uma nova significação desse descarte pelo olhar da fotografia. O objetivo é sensibilizar pessoas através desse novo olhar fotográfico, no sentido de repensarem seus hábitos conscientes de consumo. Na elaboração deste trabalho buscarei observar alguns locais onde as matérias inservíveis são jogadas e utilizando o método cartográfico e da poiética pretendo estabelecer possibilidades de uma poética em artes visuais, fotografando esses materiais.

Abstract
In this work, focusing on sustainability through photography, I propose a reflection about the disposal and its implications to the environment, seeking its (re)meaning by the photographic look. To this end, it is possible to question how to signify by photographic gaze the discarded objects, in a poetics that transforms the insignificance given to discard in today’s society. The goal is to sensitize people to a new look, in the sense of thinking about conscious consumption habits. In the present elaboration, I photograph some places where unusable materials are played, using the cartographic method and the poetic to establish possibilities of a poetic in visual arts, by the exhibition of these items.


Palavras-chave


Descarte. Meio ambiente. Ressignificação do olhar. Fotografia

Texto completo:

PDF

Referências


COUCHOT, Edmond. A Tecnologia na arte: da fotografia à realidade virtual. Tradução Sandra Rey. Porto Alegre, RS: Ed. UFRGS, 2003.

FONTENELLE, I. A. A resignificação da crise ambiental pela mídia de negócios: responsabilidade empresarial e redenção pelo consumo. Galáxia (São Paulo, Online), n. 26. 2013.

KASTRUP, Virgínia (orgs) Pistas do método da cartografia: Pesquisa intervenção e produção de subjetividade, Porto Alegre, Sulina, 2010.

LEFF, Enrique. Epistemologia ambiental. São Paulo, SP: Ed. Cortez, 2001.

MUNIZ, Vik, BUENO, Alexei. Lixo Extraordinário. Rio de Janeiro, RJ: Ed. G.Ermakoff, 2013.

PAZ, Octavio. Marcel Duchamp ou o Castelo da Pureza. São Paulo, SP: Ed. Perspectiva, 2004.

REY, Sandra. Da prática à teoria: três instâncias metodológicas sobre a pesquisa em artes visuais. Porto Arte, Porto Alegre: Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais-UFRGS, n.13, v.7, 1996.

REFERÊNCIAS ELETRÔNICAS

http://bethccruz.blogspot.com/2009/04/as-obras-de-vik-muniz.html, acesso em 10 jul 2018.

https://www.portal.fae.ufmg.br/pensareducacao/portal/view/files/Marcel%20Duchamp.pdf, acesso em 15 jul 2018.




DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.96549

Direitos autorais 2020 Jane Andiara Soares Zofoli

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo