Desfazer as armadilhas do social: Marcel Broodthaers ou as astúcias de um ingênuo insincero

Laurence Corbel

Resumo


O artista Marcel Broodthaers não parou, ao longo de sua obra, de questionar o mundo da arte em suas dimensões sociais e econômicas, bem como o lugar do artista e o papel das instituições. Se ele entrou na comédia social o mundo da arte, se ele consentiu com suas convenções, foi dentro de uma estratégia perfeitamente coordenada. Este artigo mostra como Broodthaers jogou o jogo de arte para desvendar seu funcionamento e melhor subvertê-lo.

Palavras-chave


Crítica Institucional. Mercadoria. Mundo da Arte. Museu. Resistência.

Texto completo:

PDF-PT


DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.82498

Direitos autorais 2018 Laurence Corbel

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo