O ateliê de pintura como um laboratório de ensino e aprendizagem em Artes Visuais

Jociele Lampert

Resumo


O ateliê de pintura como um laboratório de ensino e aprendizagem em Artes Visuais é um pro-jeto de pesquisa desenvolvido na Universidade do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis, Brasil. O projeto apresenta perspectivas da pesquisa em Arte e Arte Educação no campo das Artes Visuais. Refere-se ao espaço/tempo das ações desenvolvidas no ateliê de pintura no contexto da Universidade e aponta como lugar de investigação e reflexão o Grupo de Estudos Estúdio de Pintura Apotheke. Abordam-se não somente metodologias operativas, mas a di-mensão da experiência e a sua intensidade e potência, compreendendo assim o “entre” (como caminho formativo) em paisagens pedagógicas e artísticas. No contexto do ensino de pintura, o espaço de um grupo de estudos busca construir tessituras para o ensino e a aprendizagem; intenciona perceber a experiência como processo de deslocamento. O eixo teórico do projeto situa-se nos escritos de Dewey (2010), Sullivan (2004), Lampert (2009, 2016) e Lampert & Wosniak (2016).

Palavras-chave


Experiência. Artista professor. Pesquisa em Arte e Arte Educação.

Texto completo:

PDF-PT

Referências


BUREN, Daniel. “The Function of the Studio”. In: October, Cambridge, Fall 1979, n° 10, pp. 51-58. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2017.

DEWEY, John. Arte como experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

JESUS, Joaquim Alberto Luz de. (IN)VISIBILIDADES: um estudo sobre o devir do professor-artista no ensino em artes visuais. 2013. 260 f. Tese de Doutoramento em Educação Artística – Faculdade de Belas Artes, Universidade do Porto, Portugal. 2013.

______. O professor-artista como vírus. Revista Apotheke e-periódico, Florianópolis, v. 3, n. 2, ano 2, jul. 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 ago. 2016. pp. 28-43.

LAMPERT, Jociele. [Entre paisagens] ou sobre ‘ser’ artista professor. In: Cadernos de Pesqui-sa – Pensamento Educacional. Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação UTP. DOSSIÊ: ARTE E EDUCAÇÃO: ABORDAGENS E PERSPECTIVAS. Paraná: Curitiba, 2016, vol. 11, nº 29.

ISSN: 2175-2613. Disponível em: . Acesso em: 05 maio 2017.

LAMPERT,Jociele. ArteContemporânea, cultura visual e formação docente. 2009.159f. Tese (Doutorado Escola de Comunicações e Artes - ECA) Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP.

SALLES, Cecilia Almeida. Redes da Criação: construção da obra de arte. 2. ed. São Paulo: Horizonte, 2014.

SULLIVAN, G. Art Practice as Research: Inquiry in Visual Arts. Thousand Oaks, CA: Sage, 2005.

______. Studio Art as Research Practice. In: Handbook of Research and Policy in Art Educa-tion, edited by Elliot Eisner, Michael D. Day, A Project of the National Art Education Association, New Jersey/USA: Copyright, 2004. pp. 795-814.

WOSNIAK, F.; LAMPERT, Jociele. Sobre o ensino/aprendizagem em Artes Visuais ou arte co-mo experiência. In: Seminário comemorativo do centenário do livro democracia e educação, 2016, São Paulo. Seminário comemorativo do centenário do livro Democracia e Educação: a Filosofia da Educação de John Dewey em debate. Paraná: Londrina, 2016, vol. 1. pp. 39-54. Disponível em: . ISBN978-85-7846-365-6. Acesso em: 08 maio 2016.

ZEICHNER, Kenneth M. Políticas de formação de professores nos Estados Unidos: como e porque elas afetam vários países no mundo. Autêntica Editora: Belo Horizonte, 2013.




DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.81947

Direitos autorais 2018 Jociele Lampert

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo