A paisagem da pintura: migração das camadas, mutação da profundidade

Bernard Paquet

Resumo


Minha estratégia é me introduzir na pintura por um espaçamento das espessuras, provocando sua migração e sua mutação. Essa alteração do paradigma tradicional é feita a partir da infografia com um dispositivo folheado pintado, feito de planos transparentes suspensos. Ele permite transformar uma profundidade pictórica ilusionista em uma profundidade tangível, em que a própria natureza do fundo pictórico sofre igualmente uma mutação.

Palavras-chave


Pintura; camada; fundo; matriz.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.23324

Direitos autorais 2011 Bernard Paquet

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo