Relações raciais: uma questão para psicanálise?

Kwame Yonatan Poli dos Santos

Resumo


O presente texto é um diálogo entre o campo psicanalítico e o das relações raciais. Começa com um encontro clínico imaginário entre Freud e Fanon sobre como o dispositivo analítico pode escutar à diferença, o estrangeiro que nos habita. Em seguida, realiza-se um pequeno percurso sobre a história da psicanálise brasileira e a presença negra, dando ênfase às obras de Neusa Santos Souza. Por fim, discorremos sobre o aprendizado da escuta das singularidades pelo olhar.

 

Abstract
This text is a dialogue between the psychoanalytic field and that of race relations. It starts with an imaginary clinical encounter between Freud and Fanon about how the analytical device can hear the difference, the foreigner that inhabits us. Then, a short journey is made on the history of Brazilian psychoanalysis and the black presence, emphasizing the works of Neusa Santos Souza. Finally, we talk about learning to listen the singularities with the eyes.


Palavras-chave


Psicanálise. Relações raciais. Colonialismo. Filosofia da diferença.

Texto completo:

PDF

Referências


BICUDO, Virgínia Leone. Atitudes raciais de pretos e mulatos em São Paulo. São Paulo: Sociologia e Política, 2010.

BICUDO, Virgínia Leone. Já fui chamada de charlatã. Depoimento a Cláudio João Tognolli. Folha de São Paulo, São Paulo, Caderno Mais, p. 6, 5 de jun. de 1994. Disponível em: http://acervo.folha.com.br/fsp/1994/06/05/72

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. Rio de Janeiro: Graal, 1988

EU não sou seu negro (I am not negro). Direção de Raoul Peck. França, Estados Unidos da América e Bélgica: Magnolia Pictures Amazon Studios, 2016 (96 min.).

FANON,F. Pele negra, máscaras brancas. Tradução de Renato da Silveira. Salvador: EDUFBA, 2008

FANON,F. Os condenados da terra. Coleção Cultura, v. 2. Juiz de fora: Ed. UFJF, 2010

FREUD, S. (1915) O inconsciente. Edição Standard Brasileira das obras completas, vol. XIV.Rio de Janeiro: Imago, 1976

GONZALEZ, L. Racismo e sexismo na cultura brasileira. In: SILVA, L. A. et al. Movimentos sociais urbanos, minorias e outros estudos. Ciências Sociais Hoje, Brasília, ANPOCS n. 2, p. 223-244, 1983

KILOMBA, G. Descolonizando o conhecimento - Uma Palestra-Performance. Tradução de J. Oliveira. 2016, Disponível em: https://www.geledes.org.br/descolonizando-o-conhecimento-uma-palestra/?gclid=EAIaIQobChMIj6jUtNbm6gIViYeRCh3wJAyvEAAYASAAEgJEHPD_BwE

KILOMBA, G. Grada Kilomba: desobediências poéticas. São Paulo: Pinacoteca de São Paulo, 2019a

KILOMBA, G. 1968 – Memórias da plantação – Episódios de racismo cotidiano; Tradução Jess Oliveira, Rio de Janeiro, RJ, 2019b

MUSATTI-BRAGA, A. P. M. Pelas trilhas de Virgínia Bicudo: psicanálise e relações raciais em São Paulo. Lacuna: uma revista de psicanálise, São Paulo, n. -2, p. 1, 2016. Disponível em:

MUSATTI-BRAGA, A. P. M. Os muitos nomes de Silvana: contribuições clínico políticas da psicanálise sobre mulheres negras. Tese (Doutorado), IPUSP, 2015

NIETZSCHE, F. W. A genealogia da moral. Trad. de Paulo C. de Souza. São Paulo, Companhia das Letras, 1998.

NIETZSCHE, F. W. Assim falou Zaratustra: um livro para todos e para ninguém. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2011

ODA, A. M. G. R. & DALGALARRONDO, P. Juliano Moreira: um psiquiatra negro frente ao racismo científico. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2000, vol.22, n.4 , pp.178-179. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462000000400007&lng=en&nrm=iso

OTÁVIO, R. C. Pintando o setting: considerações sobre desdobramentos, dimensões e condições contemporâneas do enquadre clínico psicanalítico. Dissertação (Mestrado), Unesp- Assis, 2018

PELBART, P. P. O mimimi como categoria biopolítica. Cadernos de Subjetividade. (PUCSP), v. 20, 2019

ROLNIK, S. O mal-estar na diferença, Anuário Brasileiro de Psicanálise no 3:97-103. Relume-Dumará, Rio de Janeiro, 1995

SCHREBER, D.P. - Memórias de um doente dos nervos, Graal, Rio de Janeiro, 1984

SOUZA, N. S. A psicose: um estudo lacaniano. Rio de Janeiro: Campus, 1991

SOUZA, N. S. O estrangeiro: nossa condição. In: KOLTAI, Caterina (Org.). O estrangeiro. São Paulo: Escuta, 1998

SOUZA, N. S. Tornar-se negro: as vicissitudes da identidade do negro brasileiro em ascensão social. Rio de Janeiro: Edição Graal, 1983




DOI: https://doi.org/10.22456/2179-8001.109897

Direitos autorais 2020 Kwame Yonatan Poli dos Santos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

PORTO ARTE: e-ISSN 2179-8001


INDEXADORES

PROPESQ

"

LATINDEX

Resultado de imagem para redib logo