Histórico do periódico

A primeira publicação da revista ocorreu em 1990, sob o ISSN 0103-7269 (versão impressa). Em 2012, teve início a sua publicação por meio eletrônico, através da plataforma SEER (Sistema de Editoração de Revista). Em 2017 a revista PORTO ARTE passou a ser exclusivamente uma publicação online, sob o e-ISSN 2179-80011 (versão digital).

Para todo texto publicado na revista PORTO ARTE é atribuído um número DOI desde 2018 e, esta atribuição foi aplicada retroativamente a todos os artigos disponibilizados na plataforma SEER.

A partir de 2019 a revista PORTO ARTE adotou a publicação contínua (rolling pass), editando volume único, subdivido em dois números semestrais, sem paginação contínua e sequencial, passando a apresentar um identificador eletrônico chamado de elocation-id.

Além do recebimento de artigos, ensaios, entrevistas, resenhas, ensaio visual e traduções, na modalidade de fluxo contínuo, semestralmente a Equipe Editorial convida pesquisadores para organizar a seção Dossiê da revista PORTO ARTE, os quais contam com autores convidados e/ou autores via chamada aberta.

Todos os textos submetidos a partir de 2019 passaram a ser apreciados, em um primeiro momento, pela Equipe Editorial da Revista Porto Arte e na sequência, enviados para avaliação de um consultor membro do Conselho Editorial ou de um parecerista ad hoc, garantindo-se no processo o anonimato de ambas as partes (duplo-cego |double-blind).

O processo da avaliação compreende as etapas de apreciação, encaminhamento e monitoramento da avaliação, avaliação dos pareceristas, reformulação do texto pelos autores quando solicitado, apreciação final e publicação preliminar, editoração e publicação online.

As submissões são gratuitas.

Maiores informações em: http://seer.ufrgs.br/PortoArte/about/submissions#onlineSubmissions