Modos de Viver Pulsáteis: Navegando nas Comunidades Trans sobre Hormônios

Autores

  • Dolores Galindo Universidade Federal de Mato Grosso
  • Ricardo Pimentel Méllo Universidade Federal do Ceará
  • Renata Vilela Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.22456/2238-152X.42290

Palavras-chave:

Modos de viver, Comunidades trans, Hormônios.

Resumo

Estetrabalho estuda mensagens trocadas em fóruns de discussões virtuais que têmcomo foco os usos trans de hormônios,isto é, a hormonização, termo cunhado para diferenciá-los da hormonoterapia,administrada por profissionais de saúde. Foram pesquisadas três comunidadesalojadas na rede social Orkut, contabilizando um total de 370 fóruns, sendoanalisados os usos de hormônios e os relatos de desencontros entre usuárias eprofissionais de saúde. Observa-se que se de um lado a hormonização aumenta osefeitos adversos decorrentes de intervenções baseadas em elevadas dosagens defármacos, de outro, configura-se como uma resistência diante de dispositivosclínico-patologizantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dolores Galindo, Universidade Federal de Mato Grosso

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mestrado e doutorado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), com Doutorado Sanduíche na Universidade Autônoma de Barcelona. É Professora do Departamento de Psicologia e do Mestrado Interdisciplinar em Estudos de Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso.

Ricardo Pimentel Méllo, Universidade Federal do Ceará

Bacharelado em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1985), Formação de Psicólogo pela Universidade Federal do Pará (1986), Mestrado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1994), Doutorado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2002). É professor Associado do Departamento de Psicologia da Universidade Federal do Ceará.

Renata Vilela, Universidade Federal de Mato Grosso

Graduada em Psicologia e Mestranda em Estudos de Cultura Contemporânea, Universidade Federal de Mato Grosso. Bolsista CAPES.

Downloads

Publicado

2014-04-02

Como Citar

Galindo, D., Méllo, R. P., & Vilela, R. (2014). Modos de Viver Pulsáteis: Navegando nas Comunidades Trans sobre Hormônios. Revista Polis E Psique, 3(2), 19–42. https://doi.org/10.22456/2238-152X.42290

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)