Problematizando a atenção em HIV-Aids na Estratégia Saúde da Família

Gustavo Zambenedetti, Nalu Both

Resumo


O objetivo da pesquisa foi problematizar a atenção em HIV-Aids na Estratégia Saúde da Família – ESF. Realizamos um estudo qualitativo, com duas equipes da ESF que compõem uma unidade de saúde em Porto Alegre-RS. Foram realizadas entrevistas com os enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem e um grupo focal com os Agentes Comunitários de Saúde. A análise evidencia que, apesar das políticas públicas enfatizarem o estabelecimento de ações pautadas pela noção de vulnerabilidade, a noção de grupo de risco ainda se mostra muito presente no contexto em análise. Apontamos o desafio de que a descentralização de ações em HIV-Aids para a Estratégia Saúde da Família seja acompanhada por processos de qualificação da atenção em saúde, baseadas na integralidade e co-responsabilização das ações.


Palavras-chave


Aids; HIV; Estratégia Saúde da Família; vulnerabilidade; prevenção

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2238-152X.30512

logogoogle
Scientific Electronic Library Online     

           

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

ISSN eletrônico: 2238-152X