A educação e os direitos linguísticos dos surdos: relações, princípios e políticas públicas

Luis E. Behares

Resumen


Este artigo considera as relações entre os direitos linguísticos das pessoas e dos coletivos surdos e os modelos utilizados em sua educação. Estuda os parâmetros existentes, sobretudo no âmbito legal, para estabelecer esses direitos e os problemas de interpretação e instrumentação dos princípios que esses consagram. O trabalho abre uma linha de indagações nas interfaces entre os princípios ideológicos e os teóricos que sustentam os direitos e as práticas de políticas públicas efetivas.


Palabras clave


Direitos Linguísticos; Educação, Legislação; Interpretação; Instrumentação.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


Copyright (c) 2017 Políticas Educativas

ISSN Electrónico: 1982-3207

Qualis/Capes: Educação B2

 

Periodicidad – Semestral

 

La recepción de artículos se caracteriza por su flujo continuo sin que sea posible preveer la fecha de su publicación.


This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY-NC 4.0).