Especificidades da educação infantil na política educacional brasileira: limites e possibilidades

Cleonice Maria Tomazzetti, Daliana Löffler, Fabiana Rampelotto Penteado, Juliana Corrêa Moreira, Vivian Jamile Beling

Resumen


Este artigo é parte das reflexões e dos estudos sistemáticos que sustentam as pesquisas desenvolvidas junto ao Programa de Pós-graduação em Educação, pela participação em atividades de Grupos de pesquisa da área da Educação Infantil na Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, e pelo vínculo atual na Universidade Federal de São Carlos. O eixo aqui destacado refere-se às pesquisas cujo enfoque está na política educacional pública e seus desafios, limites e possibilidades em relação à formação para docentes que atuam na Educação Infantil - primeira etapa da educação básica. A docência está em destaque no artigo porque perpassa questões referentes às práticas curriculares e às políticas educacionais que se inscrevem como campo de investigação. Com base na legislação e em estudos da realidade educacional brasileira, a proposta aqui apresentada abarca reflexões envolvendo a docência na educação infantil enquanto objeto de estudo das políticas educacionais ao longo de sua história em articulação com os conceitos de criança e infância, tomando-os como aspectos relacionados à dimensão da qualidade na educação infantil contemporaneamente.

Palabras clave


Política educacional pública; Educação infantil; Formação docente; Professores.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


Copyright (c)

ISSN Electrónico: 1982-3207

Qualis/Capes: Educação B2

 

Periodicidad – Semestral

 

La recepción de artículos se caracteriza por su flujo continuo sin que sea posible preveer la fecha de su publicación.


This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY-NC 4.0).