Plano de desenvolvimento institucional: perspectivas sobre contextos emergentes na/da educação superior

Lisiane Pappis, Tasia Wisch, Andiara Dewes

Resumen


Os contextos que emergem na contemporaneidade são caracterizados por elementos que impulsionam transformações nos espaços educacionais. Em sua maioria originam-se de políticas e programas públicos, bem como de demandas sociais e culturais, acompanhando os movimentos de evolução da sociedade e da vida em sociedade. Nas últimas décadas, políticas/programas vêm pautando sistemas de reserva de vagas, inclusão, tecnologias, internacionalização e outros, como elementos a serem considerados no cotidiano das instituições de ensino. Nosso objetivo é identificar como universidades reconhecem e planejam sua atuação acerca dos contextos emergentes na/da Educação Superior. Como contexto investigativo selecionamos as seis Universidades Federais do Rio Grande do Sul. Pautado na perspectiva de análise documental, nesse estudo realizamos um mapeamento nos Planos de Desenvolvimento Institucional (PDIs) em vigência nestas instituições, identificando quais e como os contextos emergentes aparecem em cada documento. Desse modo, identificamos que todos os PDIs registram a busca pela excelência e a preocupação com a permanência dos estudantes. Os elementos dos contextos emergentes recorrentes nos PDIs são internacionalização, inclusão, gestão, inovação tecnológica e sustentabilidade.

Palabras clave


Educação Superior; Plano de Desenvolvimento Institucional; políticas públicas; contextos emergentes; gestão universitária

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


Copyright (c) 2020 Lisiane Pappis, Tasia Wisch, Andiara Dewes

ISSN Electrónico: 1982-3207

Qualis/Capes: Educação B2

 

Periodicidad – Semestral

 

La recepción de artículos se caracteriza por su flujo continuo sin que sea posible preveer la fecha de su publicación.


This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY-NC 4.0).