Políticas de acesso e permanência para a população trans no ensino superior: comentários acerca de sua implementação

Keo Silva, Alexandre Fernandez Vaz

Resumen


Neste artigo tratamos das políticas de acesso e permanência da população trans nas universidades públicas brasileiras, como a de Nome Social, além de editais de seleção que buscam inserir esses sujeitos com frequência marginalizados pela educação formal. Essas políticas se situam em um contexto mais amplo das ações afirmativas e, como efeito e potência de sua entrada em programas de pós-graduação, também abordamos a criação de um núcleo de pesquisas composto por estudantes trans na Universidade Federal de Santa Catarina.

Palabras clave


pessoas trans; universidade; ações afirmativas; NeTrans

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


Copyright (c) 2020 Keo Silva, Alexandre Fernandez Vaz

ISSN Electrónico: 1982-3207

Qualis/Capes: Educação B2

 

Periodicidad – Semestral

 

La recepción de artículos se caracteriza por su flujo continuo sin que sea posible preveer la fecha de su publicación.


This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY-NC 4.0).