v. 1, n. 01 (2010)

Mutações do Conhecimento: O Renascimento do Homem Moderno


Array

Tanto o Renascimento quanto nossa época atual são momentos de transição e conquista de novas fronteiras. Não somente no espaço cultural, como também nos campos científico, jurídico e político. Não é artificial compararmos a invenção da imprensa com as inovações digitais ou as descobertas das Américas com a globalização. Vivemos hoje transformações que têm uma estrutura comparável às do Renascimento e que acarretam desafios semelhantes. Estes surgem de modo multifacetado em áreas tão diversas quanto a ciência e a economia, a literatura e a arte, a filosofia, o direito e a música. Este primeiro número de Philia&Filia, dedicado ao tema “Mutações do Conhecimento: O Renascimento do Homem Moderno”, propõe um debate sobre os efeitos dos avanços científicos e artísticos, suas repercussões na a reflexão e na imaginação do homem moderno. Esse artigos, resultantes do evento de mesmo nome realizado em Agosto de 2007, objetivam refletir sobre a crescente dificuldade de acompanhar as transformações que parecem escapar às nossas intenções e previsões.